Catedral Metropolitana terá último fim de semana de celebração religiosa

Recomendação é que não participem da missa deste domingo (22) idosos, pessoas gripadas, com doenças crônicas ou deficiências imunológicas

Manaus – Este será o último final de semana de celebração religiosa aberta ao público, enquanto durar a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O anúncio foi feito por Dom Leonardo Steiner, arcebispo metropolitano de Manaus, durante entrevista ao vivo transmitida pela internet na tarde desta quinta-feira (19). A recomendação é que não participem da missa deste domingo (22) idosos, pessoas gripadas, com doenças crônicas ou deficiências imunológicas.

O arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Leonardo Steiner, falou sobre o momento de pandemia do novo coronavírus (Foto: Divulgação)

“Este final de semana será o último das nossas atividades, mas quero recomendar que pessoas gripadas, idosas e com deficiências imunológicas não participem da missa, e acompanhem virtualmente ou pela rádio”, disse o arcebispo da Catedral Metropolitana de Manaus.

Ainda segundo o arcebispo, estamos num momento de crer mais, confiar em Deus e rezar em casa, em família.

“Várias pessoas não vão aceitar e irão falar que essa decisão é falta de fé. Mas não é, é solidariedade com o momento que estamos enfrentando. Solidariedade com as pessoas que vendem do trocado das ruas, como elas vão sobreviver? A crise não é só o coronavírus, vai ser uma crise muito maior do que já estamos vivendo economicamente. É preciso olhar a preciosidade da vida das pessoas e cuidar das nossas vidas”, disse Steiner.

Anúncio