Centro de acolhimento abre campanha de combate à violência contra crianças e jovens

Slogan da campanha lançada pela Casa do Migrante Jacamim é ‘Isolamento social sim, violência contra a criança e adolescente não!’

Manaus – Uma palestra seguida da distribuição de folders marcou a abertura da campanha de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, realizada pela Casa do Migrante Jacamim, na manhã desta quarta-feira (13). O slogan da campanha é ‘Isolamento social sim, violência contra a criança e adolescente não!’, e a coordenação é da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas).

A campanha, que está estruturada em dois momentos, foi lançada nesta quarta-feira (13), na Casa do Migrante Jacamim (Foto: Miguel Almeida/Divulgação)

A diretora do Jacamim, Soraya Bezerra de Araújo, disse que a proposta é fazer a atividade em dois momentos. “Hoje (quarta, 13) fizemos a abertura com uma palestra informativa sobre violência sexual; na próxima quarta-feira (20), teremos um novo momento, que será a produção de cartazes com base no que eles (acolhidos) aprenderam sobre o tema”, disse a dirigente, ressaltando a importância de passar essas informações para os usuários, porque eles representam famílias.

Soraya Araújo explicou que os acolhidos receberam um flyer e tiveram a oportunidade de ver em slides as informações sobre os tipos de violência que acontecem com as crianças e os adolescentes, e como acontecem. “Nós montamos um paínel para demonstrar como isso se dá no dia a dia”, frisou, lembrando que a atividade tem como base a Campanha 18 de Maio, que em 2020 completa 20 anos.

A campanha é firmada com base na luta contra o abuso e exploração da criança e do adolescente. Anualmente várias atividades acontecem no País. “Essa campanha faz parte de um leque de atividades, por isso incluímos no nosso planejamento essa temática, entendendo que é de extrema importância que nossos usuários tenham acesso a essas informações, para compreender o papel de cada um na sociedade e entender que ele pode, sim, evitar que outras crianças e outros adolescentes possam vir a sofrer algum tipo de abuso, ou exploração sexual”, mencionou.

Serviço socioassistencial

O Jacamim é um centro de acolhimento na modalidade casa de passagem, que presta um dos serviços socioassistenciais oferecidos pelo governo do Amazonas para atender as pessoas em situação de vulnerabilidade social. O local redobrou as atenções para atender esse público no período de pandemia causada pelo novo coronavírus.

“Tudo está sob controle, por conta das informações repassadas pela Seas no que diz respeito a procedimentos de combate ao vírus”, disse a diretora do Jacamim, lembrando que os migrantes, ao chegarem ao local, vão direto para o lavatório, onde lavam as mãos, mudam de roupa e recebem um frasco de álcool em gel para se manterem higienizados.

O Governo do Amazonas, por meio da Seas, vai participar da campanha em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), realizando uma programação diferenciada, com foco em estratégias de cuidados com as crianças em tempos de pandemia.