Cerca de 180 venezuelanos vindos de Boa Vista desembarcam em Manaus

Refugiados chegaram na capital amazonense por volta de 14h30 desta terça-feira. Eles serão levados a um abrigo, no bairro Coroado, zona leste

Manaus – Cerca de 180 venezuelanos desembarcaram em Manaus, por volta das 14h30 desta terça-feira (4), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, vindos de Boa Vista (RR), por meio do processo de interiorização do Governo Federal. Os refugiados serão levados para o Abrigo do Coroado, na zona leste de Manaus.

Cerca de 180 venezuelanos vindos de Boa Vista desembarcaram em Manaus, na tarde desta terça-feira (Foto: Sandro Pereira)

De acordo com a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), a transferência de venezuelanos para outros Estados do País tem como objetivo diminuir o excesso de imigrantes que estão abrigados em Roraima. Na última semana, Manaus recebeu 65 venezuelanos.

Segundo a Casa Civil, responsável pela coordenação do processo de interiorização, todos os venezuelanos que mudam para outras cidades recebem vacinas e são submetidos a exames de saúde. A situação deles, no País, também é regularizada e os refugiados passam a ter CPF (Cadastro de Pessoa Física) e carteira de trabalho.

A ação é feita em parceria entre o governo e organismos internacionais ligados às Nações Unidas, como as Agências para Refugiados (Acnur) e para as Migrações (OIM), além do Fundo de População das Nações Unidas (Unfa), e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Conforme a Casa Civil, antes do embarque dos refugiados, os órgãos envolvidos no processo, as autoridades locais, e a coordenação dos abrigos, definem estratégias para garantir o atendimento de saúde aos refugiados, a matrícula de crianças em escolas nas cidades, a garantia de um reforço para o ensino da Língua Portuguesa e de cursos profissionalizantes.

O setor privado também tem sido motivado a absorver a mão de obra refugiada. Os refugiados chegam ao País em fuga da crise político-econômica da Venezuela. Segundo a Casa Civil, no final de junho, havia 56.740 venezuelanos em Roraima, entre residentes e solicitantes de refúgio.

Cerca de 180 venezuelanos vindos de Boa Vista desembarcaram em Manaus, na tarde desta terça-feira (Foto: Sandro Pereira)