Check-up cardiovascular é opção para determinar como anda a saúde do homem

Dentre as opções de exames para esse público, um dos mais completos é o Índice Tornozelo-Braquial (ITB), quem tem uma assertividade de 98% a 100% na detecção de doenças cardiovasculares

Manaus – As mulheres acumularam pelo menos 80 milhões de consultas médicas a mais que os homens em todo o Brasil no ano passado, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Esse levantamento reflete diretamente na mortalidade e na gravidade das doenças, visto que a maior parte dos homens, principalmente entre 40 e 60 anos, só buscam acompanhamento médico quando estão com doenças com sintomas bastante adiantados.

“Elas estão mais habituadas a procurar o médico, mesmo sem que apresentem sintomas de doenças. Queremos ajudar os homens a também adquirirem esse comportamento, para que tenham mais qualidade de vida e evitem complicações gerais”, afirmou a médica cirurgiã vascular, Fabiana Lo Presti.

Homens deve fazer check-up, alerta a Dra. Fabiana Lo Presti (Foto: Divulgação)

Para diminuir esse índice, uma das alternativas é a realização do check-up vascular.  De acordo com a médica, essa investigação pode ser determinante para o tratamento de doenças em pacientes de risco, como os que têm hipertensão, alterações do colesterol e triglicérideos, os que fumam e têm diabetes.

Dentre as opções de exames para esse público, um dos mais completos é o Índice Tornozelo-Braquial (ITB), quem tem uma assertividade de 98% a 100% na detecção de doenças cardiovasculares. Outra alternativa é o Doppler de carótidas, que tem papel importante na prevenção de ocorrências do Acidentes Vascular Cerebral.

Em Manaus, o exame é feito no Instituto Cardiovascular. Mais informações através do instagram @drafabianalopresti ou pelo número (92) 3584-5999.

Anúncio