Com 53% da obra executada, prefeito garante entrega do complexo viário da Constantino Nery em tempo recorde

A obra faz parte das ações em homenagem aos 350 anos de Manaus

Manaus – A Prefeitura de Manaus está realizando obras que fazem parte das ações em homenagem aos 350 anos de Manaus. Umas das principais é a construção do complexo viário Ministro Roberto Campos, que em cinco meses já chega a 53% dos serviços finalizados, dando forma ao novo anel viário da Avenida Constantino Nery. O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, fiscalizou nesta sexta-feira (27) o canteiro e reforça a meta de entregar a obra no tempo recorde de dez meses, dois meses antes do prazo contratado.

O complexo viário irá interligar as zonas centro-sul e oeste, por meio de duas passagens subterrâneas entre as ruas Pará e João Valério com a Avenida São Jorge (Foto: Alex Pazuello/Semcom/Divulgação)

“Começamos a obra em abril e, em cinco meses, ultrapassamos os 50% dos trabalhos executados. Isso porque uma Prefeitura organizada faz as coisas andarem direito. Os empresários do Consórcio Manaus trabalham empenhados, porque sabem que executou, mediu, faz-se o pagamento. Enquanto está todo mundo pendurado [Estados e municípios], nós temos equilíbrio fiscal e previdenciário, com dinheiro em caixa e de parceiros para tocar as nossas obras”, destacou o prefeito de Manaus.

O complexo viário Ministro Roberto Campos irá interligar as zonas centro-sul e oeste, por meio de duas passagens subterrâneas entre as ruas Pará e João Valério com a Avenida São Jorge.

Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), a obra está com 90% das estacas de sustentação já implantadas, fazendo a contenção do solo que possibilitou o início das escavações subterrâneas na trincheira da Rua João Valério. Além disso, também foram confeccionadas as lajes por onde vai passar o pavimento no trecho da Constantino Nery, dando forma ao anel viário.

Após as escavações, será concluída a implantação de toda tubulação da rede de drenagem profunda, que possui a função de realizar a captação das águas das chuvas do complexo viário e destiná-las ao igarapé da Cachoeira Grande, na zona oeste. Ao fim do projeto, a população também irá contar com novas e modernas estações de transporte coletivo no local.

“Estamos satisfeitos com o andamento dos serviços de infraestrutura do complexo viário. As escavações das trincheiras é uma fase bem relevante da etapa da obra”, enfatizou o secretário da Seminf, Kelton Aguiar.

Anúncio