Com novas normas, Seap retoma rotina de visitas nas unidades prisionais

O novo modelo de visita irá funcionar de segunda a sexta-feira, sempre em dois turnos, pela manhã e à tarde

Manaus – A rotina de visitas nas unidades prisionais do Estado foi retomada nesta segunda-feira (6) pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Suspensas desde o dia 14 de março, por conta da pandemia da Covid-19, o retorno das visitas faz parte do quarto ciclo no plano de retomada gradual das atividades, estabelecido pelo governo do Amazonas.

Atendendo às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), a entrada de visitantes nas unidades prisionais passa a obedecer a uma série de normas e protocolos de segurança e higienização.

Entrada de visitantes nas unidades prisionais passa a obedecer a uma série de normas e protocolos de segurança e higienização (Foto: Divulgação/Seap)

Após o processo de triagem que acontece na Central de Acolhimento das Famílias, os visitantes são identificados e encaminhados para as respectivas unidades. Na chegada, todos os familiares têm a temperatura aferida e, em seguida, passam pelos procedimentos normais de segurança, como escaneamento corporal e revista.

Durante as visitas também é obrigatório o uso de máscara, além do distanciamento social que deve ser mantido. Todos os espaços onde as visitas são realizadas disponibilizam álcool em gel ou líquido para os familiares e internos, além de passarem por constantes processos de higienização e desinfecção.

Para o diretor do Compaj, Lucas Maceda, a retomada das visitas é importante para trazer estabilidade ao sistema prisional. “Mesmo com todo o esforço da Seap para não deixar os internos sem contato com seus familiares durante a pandemia, como por exemplo a criação da Visita Virtual, nós sabemos que eles necessitam do contato pessoal para que possam se tranquilizar e continuar com o cumprimento de suas penas da melhor forma possível”.

Lucas também ressaltou que, desde o início da pandemia até a presente data, a Seap não registrou nas unidades da capital um surto ou um número elevado de infectados pela Covid-19.

A retomada das visitas deve acontecer de forma gradual, e por enquanto os internos que fazem parte do grupo de risco para a Covid-19 não poderão receber visitas presenciais, apenas pelo sistema da ‘Televisita’.

O novo modelo de visita irá funcionar de segunda a sexta-feira, sempre em dois turnos (manhã e tarde). Em casos de dúvidas, familiares podem entrar em contato com o Departamento de Reintegração Social e Capacitação (Deresc), de segunda a sexta, das 8h às 14h, pelo telefone 3215-2717.

Anúncio