Comércio fecha mais cedo nesta segunda-feira em Manaus

Os comerciantes afirmam estarem apreensivos, depois de momentos assustadores durante o domingo (6)

Foto: Nayni Castelo Branco/RDC

Manaus – Empresários precisaram fechar suas lojas mais cedo nesta segunda-feira (7), por medo de ataques criminosos. No centro de Manaus, no fim da tarde já era possível ver boa parte dos estabelecimentos com portões fechados.

Os comerciantes afirmam estarem apreensivos, depois de momentos assustadores durante o domingo (6). Adoles Alves, trabalha no centro da cidade há 30 anos, ele relatou nunca ter visto essa situação de insegurança.

“Nós tivemos uma manhã um pouco tensa. Nós que trabalhamos no comércio, ficávamos pensando o que iria acontecer. Cerca de 40% do comércio estava funcionando, mas com esse clima”, explicou o autônomo.

blank

Foto: Nayni Castelo Branco/RDC

Outro fator que influenciou o fechamento do comércio mais cedo foi a frota de ônibus reduzida. Por conta dos ataques criminosos causados nos transportes coletivos, a circulação foi suspensa ontem e só retornou na tarde de hoje, com 30% da frota. Os ônibus retornarão às garagens às 19h.

No último de fim de semana, Manaus sofreu ataques violentos, agências bancárias, ônibus e uma Unidade Básica de Saúde foram invadidas por suspeitos, que atearam fogo.

Um dos bancos que foi alvo dos criminosos está no centro da capital. Situação que deixou os comerciantes ainda mais assustados. “Eu nunca vi coisa igual, parar comércio, tendo em vista que é início de mês, dias úteis, muita conta pra pagar e a população ficou assim, a mercê”, desatacou Adoles.

Anúncio