Concessionária de energia alerta para cuidados com pipas / papagaios na rede elétrica

Segundo a Amazona Energia, soltar pipas ou ‘papagaios’ de papel próximo a rede elétrica pode causar um grande estrago e até mesmo um acidente fatal

Manaus – Soltar pipas ou ‘papagaios’ de papel próximo a rede elétrica pode causar um grande estrago e até mesmo um acidente fatal. De acordo com a Amazonas Energia, a prática é comum em Manaus e no interior do Estado, o que torna a pipa um dos responsáveis por acontecimentos indesejados na rede elétrica. Vale lembrar que o item é usado junto com o cerol, que corta e danifica os fios podendo causar curto-circuito.

O brinquedo é um dos causadores de desligamentos, pois, geralmente, rompem os cabos de energia quando entram em contato com a rede elétrica. Além disso, muitos curtos-circuitos e oscilações são provocados pela tentativa de retirada de papagaios presos aos cabos.

Para aproveitar a brincadeira, a concessionária Amazonas Energia orienta soltar pipas/papagaios somente em locais abertos e bem longe da rede elétrica, como parques, praias e campo de futebol. Se a pipa enroscar nos fios elétricos, a empresa orienta a não tirá-la de jeito nenhum. Evite também usar o cerol.

A “linha chilena”, feita a partir do quartzo moído e óxido de alumínio, assim como a linha com cerol, são consideradas quatro vezes mais perigosas devido ao alto grau cortante, funcionando como uma verdadeira “guilhotina”, podendo causar lesões corporais profundas e mortes, ou até mesmo acidentes de ampla magnitude.

Diariamente equipes da Amazonas Energia realiza manutenções preventivas em todo o Estado do Amazonas, trocando cabos e equipamentos danificados pela prática de soltar pipas/papagaios.

Anúncio