Confira pontos de vacinação contra Covid que serão desativados em Manaus

A vacinação em Manaus funcionará até esta quinta-feira (30) e após essa data, a campanha será retomada no dia 3 de janeiro de 2022 com cinco pontos desativados

Manaus – Os pontos de vacinação contra a Covid-19 em Manaus funcionarão até esta quinta-feira (30). Após essa data, a campanha será retomada no dia 3 de janeiro de 2022. Ainda na quinta-feira, cinco pontos deixam de funcionar definitivo. São eles: Studio 5 Centro de Convenções, os shoppings São José, Millenium e Via Norte, além da tenda na Manaus Moderna.

A relação com os endereços e horários de atendimento pode ser consultada no link e nos perfis oficiais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) nas redes sociais: @semsamanaus, no Instagram, e Semsa Manaus, no Facebook.

Os pontos de vacinação contra a Covid-19 funcionarão até esta quinta-feira (30) (Foto: Camila Batista / Semsa)

No caso da carreta da vacinação, está previsto para a segunda-feira (3), o deslocamento para a praça da Matriz, onde deverá ficar posicionada até o dia 15 de janeiro

Para a vacinação contra a Covid-19, serão mantidos os pontos estratégicos do shopping Phelippe Daou e do Sambódromo, além das unidades de saúde da Semsa – unidades básicas de saúde, policlínicas e clínicas da família, Centros de Atenção Integral à Criança (Caic) e ao Idoso (Caimi).

Dose de reforço

Também no dia 3 de janeiro (segunda-feira), a Semsa começará a aplicar a quarta dose nas pessoas com alto grau de imunossupressão. O intervalo será de quatro meses a partir da data da terceira dose.

Podem receber a dose de reforço pessoas que tenham imunodeficiência primária grave; as que estejam fazendo quimioterapia ou radioterapia para tratamento de câncer; os transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids; as que fazem uso de corticoides em doses igual ou maior que 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por 14 dias ou mais; as que façam uso de drogas modificadoras da resposta imune; pacientes em hemodiálise; e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Para receber a terceira dose, é necessário apresentar um documento de identificação com foto, CPF ou Cartão Nacional do SUS e laudo, exame ou receita – original e cópia, que ficará retida para controle. A relação dos documentos específicos está disponível nas redes sociais da Semsa.

Ainda no dia 3 de janeiro, haverá redução para três meses, no prazo para a terceira dose dos idosos de 60 anos e mais, contados a partir da data da segunda dose.

Anúncio