Confusão e longas filas na distribuição de ingressos no Hemoam; veja vídeo

A longa fila chegou a alcançar a Avenida Constantino Nery, mas os servidores conseguiram organizar todos os doadores no estacionamento do Hemoam.  

Manaus – Aglomeração e longas filas se formaram na frente da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) na manhã desta quinta-feira (14), após o governador Wilson Lima anunciar a distribuição de ingressos paras os 300 primeiros doadores de sangue que comparecerem ao local. A notícia da distribuição fez com que, ainda na noite desta quarta-feira (13), pessoas fossem ao Hemoam para garantir a sua vaga.

A longa fila chegou a alcançar a Avenida Constantino Nery, mas os servidores  conseguiram organizar todos os doadores no estacionamento do Hemoam.

(Foto: Luana Lima/GDC)

No post das redes sociais o Hemoam destacou alguns requisitos que o doador deve cumprir antes da doação. Ele deve estar bem alimentado e ter dormido, pelo menos, 6 horas na noite anterior a doação e destacou ao público que não fossem ao local durante a madrugada. O doador  de sangue também precisa  ter tomado as duas doses da vacina da Covid-19 ou a dose única até o dia  29 de setembro, fora os outros requisitos já exigidos pelo Hemoam para a doação de sangue como: ter entre 18 e 60 anos, ter boa saúde, pesar mais de 50 quilos e apresentar  documento oficial com foto. Mesmo com polícia militar presente, foi possível verificar confusão no local.

Essa é outra tentativa da população conseguir um dos 3.000 ingressos distribuídos pelo governo para ver a partida entre Brasil e Uruguai válida pelas das Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. O jogo inicia por volta das 20h30 desta quinta-feira.

Veja vídeo: 

Anúncio