Conjunto Boas Novas recebe ação socioambiental

A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas)

Manaus – Moradores do conjunto Boas Novas, na Cidade Nova, zona norte, participaram na manhã desta sexta-feira (24), de diversas atividades socioambientais realizadas pela Prefeitura de Manaus, em comemoração o Dia Mundial da Educação Ambiental, celebrado no próximo dia 26.

As atividades desta sexta-feira se concentraram no chapéu de palha da Associação dos Moradores do Boas Novas (Foto: Arlesson Sicsu)

A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), com apoio da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), e contou com ações de plantio e distribuição de mudas, oficinas de combate ao caramujo africano, exposição e sensibilização sobre reaproveitamento de resíduos sólidos, jogos ambientais e coleta de livros usados para a 6ª Feira de Livros de Manaus.

A subsecretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Aldenira Queiroz, destacou que a meta da Semmas este ano é atingir um universo superior a 50 mil pessoas por meio das atividades de sensibilização. “Em 2019, atingimos aproximadamente 43 mil pessoas em centenas de atividades em toda a cidade, e integrados com a fiscalização ambiental, a arborização e a gestão de áreas protegidas municipais”, afirmou. Segundo ela, o foco maior do trabalho é a mobilização comunitária.

As atividades desta sexta-feira se concentraram no chapéu de palha da Associação dos Moradores do Boas Novas, na área verde do conjunto. O local ganhou jardins e mudas de árvores de espécies frutíferas e florestais. Moradores receberam orientações sobre como lidar com a proliferação de caramujos africanos, típica do período de inverno, além das orientações das equipes de sensibilização da Semulsp sobre o descarte correto de resíduos. Os agentes percorreram as ruas do conjunto com a finalidade de orientar a população do bairro.

Educação Ambiental

O Dia Mundial da Educação Ambiental foi instituído em 1975 pela Organização das Nações Unidas, durante Seminário Internacional sobre Educação Ambiental, em Belgrado (Sérvia). Na oportunidade, foram definidos os princípios da educação ambiental no âmbito das Nações Unidas, como forma de chamar atenção do mundo para a necessidade de criar uma consciência entre os povos e governos sobre a participação social na preservação e proteção ao meio ambiente.

Anúncio