Consumo de tucumã é abalado por doença

Alguns feirantes afirmaram que não conseguiram vender nem mesmo o 1kg da fruta no último fim de semana

Manaus – Após o registro do surto de doença transmitida por alimento registrado no último fim de semana no município de Manacapuru (distante de 70 quilômetros de Manaus), causada por consumo de tucumã a população da capital está receosa de comer a fruta. A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) notificou o município por conta do registro de 30 casos suspeitos da doença e devido à morte de um menino de 8 anos.

População em Manaus está com medo e comércio já sente o reflexo. (Foto: Reprodução)

A reportagem do D24AM esteve na Feira da Manaus Moderna, localizada no Centro de Manaus, para ouvir permissionários e clientes sobre a demanda do Tucumã no local. A maioria dos feirantes evitou falar com a reportagem sobre o assunto, com receio que a repercussão da notícia atrapalhasse ainda mais as vendas do produto.

No entanto, os permissionários foram unânimes em dizer que a após a notificação a FVS-AM, as vendas do tucumã despencaram. Alguns afirmaram, inclusive, que não conseguiram vender nem mesmo o 1kg da fruta no no último fim de semana.

De acordo com uma feirante que preferiu não ser identificada, a propagação da informação prejudicou toda a cadeia ligado ao comércio da fruta. “As pessoas não tem comprado mais. E isso tem enfraquecido não só o comércio de quem vende o tucumã in natura, mas nós que somos pagos para descascar a fruto. Além disso, os locais que vendem café da manhã com X-Caboquinho (pão com tucumã), também estão no prejuízo”, disse.

blank

(Foto: Reprodução)

A auxiliar de produção Mônica Santiago preferiu evitar comprar a fruto após o surto da doença. Além disso, ela afirmou que buscou substituir o Tucumã por outras frutas. “Agora com essa notícia, estamos com o receio de comprar. Então é melhor evitar”, disse.

Mas a permissionária Denise Ferreira afirmou que mais preocupante que doença, é a falta de higiene no manuseio do tucumã em alguns estabelecimentos. “O tucumã é algo maravilhoso. Mas penso que as pessoas que vendem o produto devem ter um pouco mais de higiene. Esse problema pode ter sido causado por quem está vendendo”, disse.

A FVS-RCP informou que as doenças transmitidas por alimentos são causadas pela ingestão de alimentos e/ou água contaminados por micro-organismos, toxinas ou substâncias químicas. Os sintomas podem incluir náuseas, vômitos, dores abdominais, diarreia, falta de apetite e febre.

A prevenção das doenças transmitidas por alimentos se baseia no consumo de água e alimentos que atendam aos padrões de qualidade da legislação vigente, higiene pessoal/alimentar e condições adequadas de saneamento. A FVS disse que investiga o que ocasionou o surto da doença.

Anúncio