Corpo de soldado é recebido com grande comoção em Borba

O corpo de Jhonata Côrrea Pantoja, 18, soldado do 7º Batalhão de Polícia do Exército, foi levado para o município onde a mãe e a outra parte da família moram

Manaus – O corpo de Jhonata Côrrea Pantoja, 18, soldado do 7º Batalhão de Polícia do Exército, foi levado na manhã desta terça-feira (4), para a cidade de Borba (distante 151 quilômetros de Manaus), onde a mãe e a outra parte da família moram.

O cortejo foi recebido pela população com grande comoção. Aplausos marcaram o início da carreata que percorreu a cidade, ao som de buzinas, em homenagem ao soldado.

Jhonata morreu na madrugada de segunda-feira (3), no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, zona centro-sul de Manaus, logo após ter sido atingido com um tiro de arma de fogo.

Conforme informações da família, no corpo de Jhonata havia hematomas, uma perfuração no braço e marcas na região das costas. A família descarta a possibilidade de suicídio.

Em nota, o Comando Militar da Amazônia (CMA) confirmou a morte por disparo de arma de fogo e informou que o jovem fazia parte do ‘Efetivo Variável’ da corporação e que estava de plantão no quartel no momento do crime.

Ainda de acordo com o CMA será instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) para identificar as causas e as condicionantes do crime.

Anúncio