Criança morre afogada em evento na Associação dos Bombeiros, em Manaus

Lohana Hadassa dos Santos, de seis anos de idade, brincava na piscina infantil, mas teria ido para a de adultos, quando se afogou

Manaus – Lohana Hadassa dos Santos, de seis anos de idade, morreu afogada, na tarde deste sábado (26), nas dependências da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia e Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (ACS). A menina visitava o local e estava acompanha dos familiares que, na ocasião, comemoravam o Dia do Soldado. A sede da ACS está localizada na Avenida Torquato Tapajós, zona norte da capital.

Associação dos Cabos e Soldados da Polícia e Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (ACS) comemorava o Dia do Soldado. (Foto: Divulgação)

Segundo o pai de criança, identificado apenas como Sargento Truvides, a menina brincava na piscina infantil, mas teria ido para a de adultos, quando se afogou. “Parece que ela saiu da piscina pequena e foi para a piscina grande e ninguém viu ela cair”, contou.

De acordo com relatos de associados, em razão da festividade, o local concentrava vários membros e oficiais da polícia e do Corpo de Bombeiros. Lohane foi socorrida pos profissionais que lá estavam. O número 193 não foi acionado.

Em nota, a da Associação dos Cabos e Soldados da Policia e Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (ACS) informou que efetuou todos os procedimentos no socorro à criança, inclusive com reanimação no local do fato, com auxílio especializado dos bombeiros. A menina ainda chegou a ser levada ao Serviço de Pronto-Atendimento Danilo Corrêa, na Cidade Nova, onde a equipe médica tentou por quase uma hora reanimá-la, mas foi contastado o óbito.

A nota diz, ainda, que a associação está prestando todo o apoio aos familiares da vítima. Segundo informações da assessoria de comunicação da ACS, o local não funcionará neste domingo (26).

Anúncio