Curso de Defesa Pessoal Feminina já alcançou mais de 500 mulheres no AM

Curso promove a inclusão ao esporte e o empoderamento feminino em todo o Estado

Manaus – A Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), por meio do Projeto Formando Campeões, concluiu neste sábado (17) a 4ª Edição do Curso de Defesa Pessoal Feminina. Durante quatro sábados, no tatame da Vila Olímpica de Manaus, 160 mulheres tiveram a oportunidade de conhecer habilidades em autodefesa com diferentes técnicas de lutas.

(Foto: Julcemar Alves/ Sedel)

“Esse Curso de Defesa Pessoal Feminina, ensina três caminhos: inserir a mulher no esporte, eventualmente revelar novas atletas, e prepará-las para se defenderem em caso de perigo. As políticas públicas do governador Wilson Lima são consolidadas, colocando o esporte como maior ferramenta de inclusão social do país e elevando o esporte feminino a outro nível no Amazonas“, destacou Jorge Oliveira, secretário da Sedel.

O curso, pioneiro no estado do Amazonas, está em sua 4º edição e ensina técnicas de lutas como ferramenta para defesa pessoal. O objetivo é munir as mulheres para casos de necessidade ou situação de risco, além de incentivá-las a combater o sedentarismo na idade adulta.

blank

Isabel Cristina (Foto: Julcemar Alves/Sejel)

“Esse curso me trouxe muita vontade de praticar um esporte. Eu só acompanhava minha filha no jiu-jitsu, era sedentária, e agora quero muito continuar porque mudou minha vida“, disse Izabel Cristina Martins.

Com a carga horária de 12h, divididas durante quatro sábados, em quatro módulos, esta edição contou com 160 participantes que receberam aulas teóricas e práticas, abrangendo habilidades nas modalidades de jiu-jitsu, muay thai, luta olímpica e Mixed Martial Arts (MMA).

“Participar desse curso foi um sonho, porque com a minha idade, achei que eu não pudesse mais fazer nada. Agradeço ao governador Wilson Lima por essa oportunidade“, comentou Maria de Fátima, de 58 anos.

O encerramento da 4ª Edição do Curso de Defesa Pessoal Feminina, contou com cerimônia de certificação e entrega de faixas simbólicas na cor rosa. Promovendo a inclusão ao esporte e o empoderamento feminino em todo o estado, a iniciativa já alcançou mais de 500 mulheres tanto na capital como no interior, além de Manaus, o município de Parintins.

Anúncio