Damares Alves visita abrigo emergencial e distribui máscaras de proteção

Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos cumpre agenda em Manaus. Nesta quarta-feira (17) ela fará distribuição de cestas básicas a indígenas do Estado

Manaus – Em cumprimento de agenda na capital amazonense, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, visitou, na noite desta terça-feira (16), o abrigo emergencial instalado na Arena Amadeu Teixeira, zona centro-sul de Manaus, destinado a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Na ocasião, a ministra realizou a entrega de máscaras de proteção para impedir a propagação da Covid-19 no Estado.

Acompanhada por uma comitiva do governo federal, Damares chegou ao abrigo por volta das 18h30, onde foi recebida ao som da canção ‘We Are The World’ (Nós Somos o Mundo), de Michael Jackson, interpretada pelos próprios moradores.

“A entrega das máscaras já estava prevista bem antes de qualquer determinação judicial; não conseguimos entregar antes por uma questão de logística. Já entregamos (as máscaras) na maioria dos Estados brasileiros. Aqui demorou a chegar, mas chegou na hora em que (os moradores) mais precisam”, disse a ministra. “Todas as entregas fazem parte de uma ação voluntária. São mulheres de Brasília e Minas Gerais que confeccionam as máscaras, para serem doadas em abrigos de idosos, crianças e moradores de rua”, completou.

Durante o evento, Damares demonstrou também preocupação com as mulheres que são vítimas de violência doméstica e anunciou que, em julho, serão investidos R$ 10 milhões para iniciar a construção da ‘Casa da Mulher Brasileira’, em Manaus. O espaço será voltado para o acolhimento de mulheres vítimas desse tipo de crime.

Durante o primeiro dia de visitas à capital do Amazonas, a comitiva visitou o Centro Cultural dos Povos da Amazônia e almoçou com conselheiros tutelares da região.

“Conversamos com os conselheiros tutelares sobre a violência contra as crianças em tempo de pandemia. Nós estamos preocupados com a volta das crianças, de casa para a escola. Que criança iremos receber dentro da sala de aula? O que é a violência sexual contra as crianças? (Cerca de ) 80% da violência sexual contra a criança acontece dentro de casa. Então, no retorno às aulas, é necessário ter o olhar estendido para essa criança que está voltando, nos sinais que ela irá emitir. Esse é o cuidado que iremos ter quando as casas se abrirem de verdade”, ressaltou Damares.

Durante a tarde, a ministra e a secretária Nacional Adjunta da Proteção Global, Maíra Miranda, reuniram com representantes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), do Núcleo de Atendimento Prisional (NAP) da Defensoria Pública do Estado (DPE) e da Vara de Execuções Penais (VEP) para debater questões relacionadas ao sistema prisional.

A agenda da ministra Damares Alves continuará nesta quarta-feira (17), em Manaus. No segundo dia de visitas pela cidade, a comitiva irá à Unidade Armazenadora (UA) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no Amazonas, onde fará a entrega de cestas básicas para indígenas do Estado.

Anúncio