Mais de 1,4 mil condutores foram flagrados dirigindo alcoolizados em Manaus

Os meses com maior número de flagrantes foram fevereiro e agosto

Manaus – Mais de 1.400 condutores foram flagrados pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) dirigindo embriagados em Manaus, entre os meses de janeiro e outubro deste ano.

(Foto: Divulgação / Detran AM)

Os meses com maior número de flagrantes foram fevereiro e agosto. Em fevereiro, os agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) autuaram 411 condutores embriagados, a maioria no período de Carnaval. Já em agosto esse número foi de 204 casos.

Mesmo sendo considerado alto, o número de flagrantes de alcoolemia neste ano foi quase 7% menor que no mesmo período do ano passado. Essa queda está ligada diretamente aos meses de maior impacto da pandemia do novo coronavírus no dia a dia do manauara.

Nos meses de abril e maio, quando a população passou a conviver com as medidas de isolamento social, os flagrantes caíram 80%. Neste ano, nesses dois meses, apenas 44 condutores foram pegos no teste do bafômetro, enquanto que em 2019 foram registradas 225 autuações por alcoolemia nesse período.

A multa para quem for pego sob o efeito de bebida alcoólica dirigindo é de R$ 2.934,70. “Infelizmente, além de a multa ser alta, as pessoas ainda insistem em beber e dirigir. Só que além da multa, esse tipo de infração é autossuspensiva, de modo que, automaticamente, o indivíduo vai responder a um processo de suspensão da CNH”, alertou Rodrigo de Sá Barbosa, diretor-presidente do Detran-AM.

Entre a sexta-feira (21) e o domingo (23), os agentes do Neot flagraram 62 condutores embriagados.

Anúncio