Defesa Civil realiza análise estrutural de casas atingidas por micro-ônibus

Na manhã desta quarta-feira (14), o micro-ônibus foi removido e uma equipe da Defesa Civil realizou a análise estrutural das três residências afetadas

Manaus – Durante forte chuva na tarde desta terça-feira (13), um micro-ônibus perdeu o controle em uma ladeira, atingiu duas casas e caiu no barranco em cima de uma outra casa, onde um adolescente ficou preso embaixo do veículo.

O acidente aconteceu na Comunidade Campos Sales, no bairro Tarumã, na zona oeste. Na manhã desta quarta-feira (14), o micro-ônibus foi removido e uma equipe da Defesa Civil realizou a análise estrutural das três residências afetadas.

(Fotos: Anamaria Leventi)

O motorista do micro-ônibus declarou que o carro perdeu o controle por conta da forte chuva. De acordo com Lúcio Claudio, proprietário da primeira casa atingida, apenas sua esposa estava no momento do acidente.

“Minha esposa escutou o barulho da pancada no ônibus e saiu para vê o que tinha acontecido. Quando ela percebeu a gravidade, saiu correndo na chuva para tentar ajudar e começou a me ligar. Foi livramento de Deus”, relatou emocionado.

No acidente, o micro-ônibus caiu em um barranco e atingiu uma casa, onde estava apenas um adolescente de 14 anos, que ficou preso por três horas embaixo no veículo. Segundo o cunhado, Fred Teixeira, ele já recebeu alta e não fraturou a perna.

“Ele estava em casa sozinho e ficou preso embaixo do ônibus até o corpo de bombeiros retirá-lo. O responsável da empresa do micro-ônibus ficou de arcar com todos os prejuízos e alugou um lugar aqui próximo para ficarmos até a reconstrução da nossa casa, que ficou completamente destruída”, disse.

blank

(Fotos: Anamaria Leventi)

As duas primeiras casa tiveram perdas parciais, mas a última casa, onde o micro-ônibus parou e atingiu o adolescente, teve perda total, segundo Cristiano Lima da Defesa Civil do Amazonas.

“Nós estamos desde ontem acompanhando esse caso e já fizemos o cadastro da família, que é o mais importante, verificar a situação deles. Decidimos aguardar a remoção do veículo para fazer a avaliação estrutural e, inicialmente, é possível verificar que a casa que fica no barranco está com perda total”, explicou.

O proprietário da empresa do micro-ônibus, Adalberto Cavalcante, acompanhou todo o trabalho e informou que já está tomando as providências e assumindo o prejuízo.

“O motorista disse que realmente uma tromba d’água fez ele perder o controle do veículo. Graças a Deus não houve vítima fatal, só danos materiais. Já coloquei os moradores da casa em um hotel e assim que a equipe da Defesa Civil finalizar a avaliação, nós vamos iniciar a reconstrução da casa”, informou.