Detran-AM recolhe 84 veículos e aplica mais de 200 multas em fiscalização

As principais infrações detectadas foram licenciamento e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em atraso, pessoas dirigindo sem possuir habilitação e motociclistas dirigindo sem equipamento de segurança

Manaus – O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) realizou, na manhã desta sexta-feira (18), uma ação de fiscalização no bairro Compensa, zona oeste de Manaus. Ao todo, 84 veículos foram removidos, sendo 22 carros e 62 motos, além de 234 autos de infração emitidos contra condutores por diversas irregularidades. As principais infrações detectadas foram licenciamento e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em atraso, pessoas dirigindo sem possuir habilitação e motociclistas dirigindo sem equipamento de segurança.

Operação ocorreu nesta sexta-feira (18) (Foto: Paulo Bahia/Detran-AM)

O diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, reforça que a fiscalização visa contribuir com a operação integrada do sistema de segurança pública do Amazonas. “Estamos fazendo nosso papel, atuando na contenção de possíveis fugas, de possíveis retiradas de material entorpecente ou de armas de dentro do bairro, contribuindo com as forças policiais. Além disso, atuamos também para verificar regularidade dos veículos que passam por essa região”, afirmou. A ação foi coordenada pelo secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates.

A fiscalização ocorreu em três pontos do bairro, nas avenidas Brasil e Ciryllo Neves e na Rua Belo Horizonte. Cerca de 50 agentes do Detran-AM participaram da fiscalização que também contou com agentes do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Amazonas (BPTran).

Ação integrada

O Detran-AM informou que o reforço na atuação policial faz parte da nova política do Governo do Amazonas focada na integração entre as forças de segurança do Estado. Além do Detran-AM, a ação envolve a Polícia Militar, Polícia Civil, e o Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa). O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, e o delegado-geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, acompanharam a operação. O efetivo saiu do Comando de Policiamento Especializado da Polícia Militar, no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste da capital.