Disputa de espaço com ônibus é alvo de reclamação de professores de CMEI

A equipe que trabalha no CMEI afirma que os ônibus passam muito próximo aos carros dos funcionários da escola que ficam estacionados na via, no bairro Tarumã

Manaus – Professores do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Profª Maria de Fátima Marques Campos, localizado à Rua Praia do Porto Seguro, no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus, reclamam da velocidade com que motoristas de ônibus transitam pela via. A equipe que trabalha no CMEI afirma que os ônibus passam muito próximo aos carros dos funcionários da escola que ficam estacionados na via.

Docentes reclamam da velocidade com que motoristas de ônibus transitam pela via (Foto: Sandro Pereira)

A professora e pedagoga da escola, Cleyde Regina Xavier Montenegro, 35, disse que o carro de um dos 14 professores foi danificado pelos ônibus. Segundo ela, o veículo da diretora do CMEI também foi arranhado, devido à passagem de um dos ônibus. “Nós tentamos estacionar sempre do mesmo lado (da rua), mas, no horário da entrada e saída das crianças, os pais estacionam dos dois lados e aí fica um espaço muito pequeno para o ônibus passar”, disse.

A professora acrescentou que a rua não é fluxo dos ônibus e que os transportes públicos trafegavam pela Travessa Praia do Tupé, situada atrás do CMEI. Segundo a pedagoga, a via estava esburacada e os ônibus passaram a trafegar pela Rua Praia do Porto Seguro. De acordo com Cleyde, os buracos da rua, localizada atrás do CMEI, foram tapados há 15 dias, mas os ônibus permanecem passando pela rua em frente à escola infantil.

A REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (RDC) questionou a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) sobre a possibilidade de retorno para o itinerário anterior dos ônibus na localidade. A SMTU informou que o setor de monitoramento da secretaria vai acompanhar a situação dos ônibus no local.

Anúncio
Anúncio