Encontrados corpos dos policiais desaparecidos em rio de Envira, no AM

Policiais estão desaparecidos desde a madrugada de terça-feira (21), após colidirem lancha contra tronco de árvore

Manaus – Os corpos do investigador da Polícia Civil, Eduardo Maciel da Silva Melo, e do sargento da Polícia Militar, Aleilson Martins da Silva, foram encontrados por mergulhadores do Corpo de bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), na tarde desta quarta-feira (22), em Envira, no interior do Estado.

Conforme os órgãos de segurança, os policiais estavam desaparecidos desde a madrugada de terça-feira (21), após a lancha em que eles estavam bater no tronco de uma árvore, e naufragar, em rio do município. Na ocasião, outros três policiais, que participavam de operação, foram resgatados com vida.

Os corpos serão levados para a sede de Envira.

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Manaus foram enviados para as buscas (Foto: Divulgação)

Entenda o caso

Uma equipe policial de Envira, distante 1.208 quilômetros de Manaus, sofreu um acidente de barco, na madrugada de terça-feira (21), enquanto se deslocava para uma operação em uma comunidade ribeirinha, nas proximidades de Feijó, no Acre. Um investigador da Polícia Civil e um sargento da Polícia Militar estão desaparecidos desde a madrugada. Ainda nesta terça, mergulhadores do Corpo de Bombeiros embarcaram para buscas na região.

De acordo com o comando da PM em Envira, o grupo saiu da sede do município por volta das 19h da segunda-feira para a operação de buscas de foragidos que estariam escondidos em uma comunidade, situada a mais de seis horas de barco. Por volta das 2h, a embarcação bateu em um tronco de árvore no meio do rio Envira, e naufragou. Além do comandante PM no local, o barco levava dois guardas municipais, o sargento da PM e o investigador da Polícia Civil.

Anúncio