Equipes da Prefeitura dão apoio durante visitação a cemitérios neste sábado e domingo

A ‘Operação Finados’ garantiu visitação sem graves ocorrências aos cemitérios de Manaus, no Dia de Finados. O prefeito Artur Neto esteve no Cemitério São João Batista, visitando o túmulo dos pais

Manaus – Em celebração ao Dia de Finados, nesta sexta-feira (2), e alcançando a média de público esperada, aproximadamente 500 mil pessoas visitaram os seis cemitérios da área urbana da cidade para homenagear familiares e amigos mortos. Para atender a movimentação, a Prefeitura de Manaus mobilizou 16 órgãos e mais de 1,5 mil servidores. Com isso, o dia de visitação transcorreu, normalmente, sem registro de ocorrências graves.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, se uniu a milhares de fiéis no Cemitério São João Batista, nesta sexta (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, se uniu a milhares de fiéis no Cemitério São João Batista, zona centro-sul. Todos os anos, Arthur visita o túmulo de seus pais, para ter um momento de reflexão e agradecimento a pessoas que tiveram importância fundamental na sua vida.

“Eu considero que esse é um dia de recolhimento, talvez, superior ao do Natal. Aqui, eu venho todos os anos, à tarde, passo as tardes visitando meu pai, minha mãe, alguns familiares e amigos”, disse o prefeito, acrescentando que há, para ele, uma compreensão cada vez mais forte de que a vida não se acaba quando morremos. “Eu quero acreditar que a gente deva purificar bastante o nosso espírito, praticar boas ações, com mais atitudes dignas, porque depois acredito que tem alguma outra coisa”, afirmou.

Arthur Neto, acompanhado da primeira-dama, Elisabeth Valeiko Ribeiro, visitou o túmulo dos pais dele, no Cemitério São João Batista, nesta sexta (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

Em sua visita ao cemitério, o prefeito estabeleceu uma espécie de roteiro emotivo, visitando vários túmulos. Desde os de seus pais, passando pelo do seu tio-avô Severiano Nunes, dose senadores Jefferson Péres e Fabio Lucena, do jornalista Umberto Calderaro, do ex-governador Gilberto Mestrinho, entre outros. No caminho conversou com vários visitantes.

Ao final, Arthur manteve breve encontro com o arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani, que celebrou a tradicional missa campal no Cemitério São João Batista, por onde passaram 100 mil pessoas, aproximadamente, durante todo o dia. “Dom Sérgio é uma pessoa muito querida, para mim e para minha esposa, e faço questão de vir aqui, abraçá-lo e desejar a ele muita saúde”, declarou o prefeito.

“É uma celebração de fé, de amor e de esperança. Momento de recordação e reflexão. Que todos possam entender o verdadeiro sentido da vida e, assim, se construa um mundo melhor”, disse o Arcebispo.

A programação religiosa nos cemitérios ficou por conta de diversas paróquias locais, que realizaram missas a cada hora. Além do São João Batista, também receberam celebrações os cemitérios Nossa Senhora Aparecida, Santa Helena, na zona Oeste, e São Francisco, zona Sul.

Arthur manteve breve encontro com o arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

‘Operação Finados’

Aproximadamente 1,5 mil trabalhadores de 16 órgãos da Prefeitura de Manaus estiveram mobilizados na organização do Dia de Finados, divididos nos dez cemitérios da cidade, seis urbanos e quatro rurais. Os locais de visitação contaram com esquema especial de segurança, contenção acidentes, limpeza, trânsito, transporte e assistência social.

Segundo a Secretaria Municipal de Limpeza Urbana, que administra os cemitérios na cidade, novamente, o mais frequentado foi o de Nossa Senhora Aparecida, no Tarumã, zona oeste, por onde passaram mais de 350 mil pessoas. Mesmo com o número dentro do esperado, a Semulsp avalia que a movimentação foi um pouco menor este ano.

“Acredito que essa demanda foi diluída pelo feriado prolongado. Nós registramos intensa movimentação ainda na quinta-feira, dia primeiro de novembro, e esperamos muita visitação neste sábado e domingo. Mas, da mesma forma, estaremos preparados e com equipes a postos para atender as pessoas também nestes dias”, comentou o subsecretário de Gestão da Semulsp, Eisenhower Campos.

Apoio da Prefeitura nos cemitérios continua neste sábado e domingo (Foto: Altemar Alcântara/Semcom)

Após a megaoperação de limpeza que antecedeu o Dia dos Finados, a Semulsp manteve as equipes atuando durante o feriado e, logo após o encerramento, os trabalhos foram retomados. “Mobilizamos cerca de 300 servidores em trabalhos antes, durante e após o Dia de Finados. Tanto dentro dos cemitérios quanto no entorno”, garantiu o subsecretário Operacional da Semulsp, José Rebouças.

Entre os órgãos municipais envolvidos na operação, além da Semulsp, estão: Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Defesa Civil e Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom).

Anúncio