Escola municipal ganha título de ‘Escola de Referência Estadual’, em prêmio nacional

Como premiação, a unidade de ensino vai receber um certificado, R$ 5 mil, além de seis vagas gratuitas no curso de especialização a distância, da Univesp

Manaus – Com o projeto ‘Ressignificando vivências de uma educação integral em tempos de pandemia’, a escola municipal Sérgio Alfredo Pessoa Figueiredo, localizada no bairro Presidente Vargas, zona Sul, ficou em 1º lugar no Prêmio Gestão Escolar (PGE) 2020 e conquistou o título de “Escola de Referência Estadual”. O anúncio oficial foi enviado à Prefeitura de Manaus pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

Como premiação, a unidade de ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai receber um certificado, R$ 5 mil, além de seis vagas gratuitas no curso de especialização a distância, da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), em 2021. No total, 254 escolas do Amazonas se inscreveram para participar do prêmio, sendo 97 municipais e 157 estaduais. A Sérgio Pessoa ficou entre as 27 de todo o país, selecionadas pelos Comitês Estaduais.

A Sérgio Pessoa ficou entre as 27 de todo o país, selecionadas pelos Comitês Estaduais (Foto: Divulgação/Semcom)

Para a gestora da escola, Regeane Chaves, a premiação estadual é o reconhecimento ao trabalho realizado por todos que fazem parte da escola, e que apesar das dificuldades, conseguiram realizar com muito êxito tudo o que foi planejado.

“Tornar-se referência estadual, em tempos de pandemia, é a consolidação do desenvolvimento deste projeto, o qual nos permitiu constatar que, para promover a educação integral dos alunos durante um momento de extrema preocupação com a saúde da população, são necessárias ações coordenadas, realizadas por uma gestão colaborativa e com muito engajamento. Sendo assim, tivemos uma experiência altamente construtiva, gratificante e viável, embora ainda haja muito a ser feito a partir daqui”, explica a educadora.

A premiação é realizada pelo Consed, em parceria com a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). O PGE visa reconhecer as práticas inovadoras de escolas em relação à continuidade do processo ensino-aprendizagem de seus estudantes durante o período de pandemia da Covid-19.

Projeto

O projeto “Ressignificando vivências de uma educação integral em tempos de pandemia” envolveu os 216 alunos, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental da escola, durante a pandemia. O objetivo é assegurar os direitos de aprendizagem dos estudantes, levando em consideração as dimensões do desenvolvimento humano, intervindo na resolução de problemas da comunidade na pandemia da Covid-19.

Anúncio