Estoque da Cema é reforçado com Equipamentos de Proteção Individual pela Susam

A Secretaria Estadual de Saúde orienta que profissionais utilizem materiais como máscaras, aventais e toucas de forma racional

Manaus – A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) informou que está reforçando o estoque da Central de Medicamentos do Amazonas (Cema) com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras, aventais, toucas para abastecer os hospitais, porém, vem recomendando aos profissionais o uso racional dos mesmos diante do quadro difícil que se desenha por conta do avanço do novo coronavírus.

O secretário Estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, afirma que todos os esforços estão sendo feitos no sentido de que não falte material de proteção individual aos profissionais nos hospitais, mas ressalta a necessidade do uso racional desses produtos. “Precisamos que os profissionais se conscientizem de que esse material deve ser usado de forma racional nas unidades. Não podemos desperdiçar recursos nesse momento.”

Rodrigo Tobias, secretário Estadual de Saúde, alerta que, no momento de avanço do novo coronavírus, os Equipamentos de Proteção Individual não devem ser desperdiçados (Foto: Michell Mello/Secom/Divulgação)

Em entrevista coletiva on line realizada na quinta-feira (19), o governador Wilson Lima também reforçou a necessidade do uso racional de materiais pelos profissionais.

“É importante ressaltar que há uma carência no mundo por insumos para tratar o coronavírus e, no Estado do Amazonas, não é diferente, por isso pedimos que se faça o uso racional desses materiais, uso racional das máscaras”, disse o governador.

Ele ressaltou que o uso das máscaras é para quem está com suspeita de coronavírus e para os profissionais da área de saúde em serviço. “Não há necessidade de todo mundo usando máscara, até porque a máscara não vai lhe proteger. Se todos estiverem usando máscara e uma pessoa infectada não estiver usando, ela pode espirrar ou tossir e as gotículas podem cair nos braços, roupas, cabelo, relógio dos demais”, observou.