Estrada AM-010 passará por modernização e reestruturação

Obras na estrada que liga Manaus ao município de Itacoatiara devem levar de 3 a 4 anos para serem concluídas

Manaus – O governador do Amazonas, Wilson Lima, assinou, nesta segunda-feira (13), em Itacoatiara (distante 290 quilômetros de Manaus), contrato de repasse financeiro com a Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 219.465.652,60, destinado às obras da primeira etapa de reforma e modernização da rodovia AM-010, que liga Manaus ao município de Itacoatiara.

(Foto: Arquivo/GDC)

A solenidade de assinatura aconteceu na Colônia de Pescadores Z-13 de Itacoatiara e contou com a presença da vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Tatiana Thomé, prefeitos e representantes dos municípios vizinhos, além de parlamentares. O contrato prevê contrapartida do Governo do Estado no valor de R$ 4,5 milhões.

Segundo a vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Tatiana Thomé, trata-se do maior contrato de repasse da União de 2019. “É com muita satisfação que eu venho aqui, representando a Caixa Econômica, para assinarmos esse contrato, que é importante para todos nós no escoamento das produções e, principalmente, para a segurança da população. Vai ser uma obra de grande importância que vai trazer para vocês desenvolvimento econômico e geração de emprego”, enfatizou Tatiana.

A modernização da rodovia AM-010 prevê a realização de serviços de terraplanagem, drenagem, pavimentação, obras de arte, faixas de aceleração e sinalização dos 269 quilômetros da pista. As intervenções em estudo pretendem ainda promover a melhoria na sinalização horizontal e vertical, mudanças de traçado nos trechos onde forem recomendados por razões estritamente técnicas e de segurança, como por exemplo, as curvas perigosas. Não será feita na totalidade da rodovia, apenas em trechos estritamente necessários.

Wilson Lima ressaltou o impacto econômico que as melhorias vão possibilitar. “Nós estamos transformando a AM-010 num corredor de atividades econômicas, porque aqui em Itacoatiara temos um rio, um calado que dura o ano todo, ou seja, permite a navegação de grandes embarcações. Temos aqui a comunidade do Novo Remanso, que é um grande produtor de abacaxi, temos Silves e Itapiranga, onde tem a implantação da Eneva para a exploração do gás. Lá no município de Rio Preto da Eva nós temos o Distrito Agroindustrial, que está em vias de ser implantado e que também vai gerar emprego e renda para essas pessoas”, frisou Wilson Lima.

Início das obras

De acordo com previsões da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana (Seinfra), as obras devem iniciar ainda no primeiro semestre do ano, conforme o período da estiagem. “Nós vamos começar as obras assim que o sol nos permitir, assim que se iniciar o período de estiagem as máquinas começam a trabalhar na AM-010. Isso deve acontecer no mês de maio, início de junho. Vamos aproveitar ao máximo esse período para avançar o que a gente puder”, disse o governador.

As obras serão realizadas, inicialmente, em três frentes de trabalho. “Nós vamos iniciar em maio, pelo município de Itacoatiara e isso é importante frisar, nós vamos começar a pavimentar daqui (Itacoatiara), e aí nós vamos ter três lotes de obras da AM-010, para que isso aconteça ao longo de toda rodovia, com empresas, inclusive, diferentes. Essa é uma obra que deve levar em média de 3 a 4 anos. Não é uma obra simples, é uma obra de 269 quilômetros”, destacou Wilson Lima.

 

Anúncio