Ex-cunhã do Caprichoso relata agressão e abuso de ex-marido

Maria Azedo falou que está sendo ameaçada, mostrou agressão física e disse que já fez dois Boletins de Ocorrência

Manaus – A ex-cunhã-poranga do boi-bumbá Caprichoso, Maria Azedo, falou, neste domingo (31), em seu Instagram, sobre a série de abusos e agressões que sofreu do ex-marido. De acordo com Maria, os dois estão separado há algumas semanas e mesmo assim ela continua sendo perseguida por ele.

“Ele resolve hoje (domingo) invadir o apartamento em que ele morava. Nós tínhamos terminado e ele levou minha cachorra, levou cordão de ouro, televisão, levou tudo. Eu não estava em casa, ele entrou pela janela do outro quarto. Ele é proibido de entrar no condomínio”, disse ela.

A ex-cunhã-poranga do Caprichoso, Maria Azedo (Foto: Reprodução/Instagram)

Maria contou, ainda, que tem medida protetiva e Boletim de Ocorrência Maria da Penha e afirmou que o ex-marido é uma pessoa “muito perigosa”. “Já estou nessa há quase um mês. Já vi o perigo da pessoa, tanto que já fiz a medida, proibi a entrada aqui. É o apartamento da minha família (…) e a família dele é omissa quanto a isso”, revelou.

Ela relatou que estava bastante aflita e mostrou a grade de seu apartamento que precisa estar com dois cadeados e corrente. “Ele tá mandando um monte de mensagem. Ele quer ser o dono da minha vida, saber onde eu estou. Estamos em desespero. A pessoa que faz isso ela é capaz de tudo. Não tem medo de medida protetiva. Ele continua me mandando mensagem, roubou coisas aqui de casa, além de ser agressor e traido”, explicou ela.

Maria mostrou a foto de uma agressão e o documento expedido pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) sobre a medida protetiva deferida pelo juiz George Hamilton Lins Barroso, no dia 15 de maio de 2020. “Depois dele ter me traído e eu ter visto tudo, foram várias vezes, ainda foi lá e tatuou meu nome no braço dele”.

Ela finalizou dizendo que se a pessoa não está “satisfeita”, deve terminar o relacionamento. “Não bata em ninguém, não grite com ninguém, não roube ninguém, não quebre nada. Roubar é feio”.

Anúncio