FAB desloca equipe para investigar queda de aeronave que levava barras de ouro

Os destroços do avião foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros, nesta quinta-feira. No local, duas pessoas foram encontradas mortas e a polícia apreendeu 9,5 kg de ouro

Manaus – A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que, nesta sexta-feira (18), uma equipe será enviada ao local da queda da aeronave PR-RCJ, que deixou duas pessoas mortas, para iniciar as investigações sobre o acidente. Os destroços do avião foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros, nessa quinta-feira (17), na comunidade Arari, de difícil acesso, no município de Urucurituba (a 208 quilômetros a leste de Manaus).

Destroços foram encontrados em mata de difícil acesso (Foto: Reprodução)

A FAB afirmou que os investigadores do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VII), localizado na capital, órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), irão ao local para efetuar a Ação Inicial da ocorrência.

“A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, ouvir relatos de testemunhas e reunir documentos”, explicou a FAB, por meio de nota.

O Corpo de Bombeiros informou que as vítimas do acidente aéreo foram identificadas como Antônio Renan Azevedo, 28, e José de Souza Oliveira, 46. O corpo deles chegaram no Instituto Médico Legal (IML), na zona norte de Manaus, por volta das 6h desta sexta-feira.

Segundo a Polícia Civil, depois da localização da aeronave, policiais suspeitaram do comportamento de um homem, identificado como ‘Leandro’, que retirou uma caixa de ferramenta do meio dos destroços. Durante abordagem, a polícia constatou que na caixa havia aproximadamente 9,5kg de ouro, avaliado em quase 1,5 milhão.

Aos policiais, ele se identificou como pessoa que havia alugado a aeronave. Sobre o ouro encontrado, a assessoria de imprensa da FAB explicou que não pode adiantar informações sobre o assunto, por ainda não ter tido contato nem com a aeronave nem com o local da queda do avião.

Queda de aeronave

De acordo com a FAB, o monomotor desapareceu na quarta-feira (16). A aeronave decolou de Itaituba (PA), às 7h10, com destino ao Aeródromo de Flores, na zona centro-sul de Manaus, onde deveria pousar por volta das 7h55.

Duas aeronaves da FAB, uma aeronave SC-105 Amazonas e um helicóptero H-60 Black Hawk, foram engajadas nas buscas aéreas realizadas nos últimos dois dias.

Segundo o delegado Paulo Barros, da Delegacia Interativa de Polícia de Itacoatiara (distante 176 quilômetros a leste de Manaus), dois investigadores de Itacoatiara foram deslocados até a comunidade onde a aeronave caiu, mas o local é de difícil acesso. Por volta das 19h desta quinta-feira a equipe entrou em contato e confirmou a morte de duas pessoas encontradas nos destroços do avião.

Anúncio