Fábrica de salgados beneficiará setor primário em Caapiranga

A expectativa é beneficiar, por dia, mais de 30 toneladas da produção local de banana, macaxeira e cará. O município vai ganhar uma fábrica de beneficiamento que vai gerar mais recursos, trazer mais renda e emprego para os produtores rurais

Manaus – O município de Caapiranga (a 134 quilômetros a oeste de Manaus) vai ganhar uma fábrica para a produção de salgados (snacks) feitos a partir de cará, banana e macaxeira. A abertura da agroindústria no município foi viabilizada pelo programa Balcão de Agronegócios da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS).

Em parceria com a Prefeitura de Caapiranga, a empresa Brew Manáos, especializada em insumos amazônicos, vai abrir as portas no município. A expectativa é beneficiar, por dia, mais de 30 toneladas da produção local de banana, macaxeira e cará.

Segundo o empresário Sidarta Pinheiro A. Gadelha, esse é o primeiro passo para a realização de um sonho. “A nossa empresa está disposta a investir, gerar emprego, treinamento e profissionalização para o município. Esse é o nosso maior objetivo: transformar a vida das pessoas de Caapiranga em um lugar melhor e escoar a Amazônia para o mundo”.

Para o gerente do programa, Mário Moura, a fábrica da Brew Manáos vai alavancar a economia do município por meio do setor primário (Foto: Divulgação/ADS)

Para o prefeito de Caapiranga, Tico Braz, a iniciativa vai gerar emprego e renda para o município. “Essa é uma parceria da prefeitura municipal com a ADS e o empresário. O município vai ganhar uma fábrica de beneficiamento que vai gerar mais recursos, trazer mais renda e emprego para o nosso povo de Caapiranga”.

Os snacks “Mana’s Original” produzidos pela Brew Manaós estão disponíveis nas Feiras de Produtos Regionais da ADS, em diversos estabelecimentos comerciais de Manaus e também na capital paulista.

Balcão de Agronegócios beneficia agricultores do interior

O Programa Balcão de Agronegócios da ADS, criado em 2016, atua na comercialização do excedente da produção rural de agricultores amazonenses. Garante ao produtor o escoamento dos produtos regionais para grandes redes de supermercados, restaurantes e agroindústrias. A negociação exclui a figura do atravessador e assegura qualidade e bom preço para o comprador.

blank

Os snacks “Mana’s Original” produzidos pela Brew Manaós estão disponíveis nas Feiras de Produtos Regionais da ADS (Foto: Divulgação/ADS)

Nos primeiros cinco meses deste ano, o Balcão de Agronegócios intermediou 1.321.133,00 quilos de alimentos, movimentando R$ 2.150.317,50 milhões, o que beneficiou agricultores, associações e cooperativas de 13 municípios.

Para o gerente do programa, Mário Moura, a fábrica da Brew Manáos em Caapiranga vai alavancar a economia do município por meio do setor primário. “É uma parceria que com certeza vai dar certo. Precisamos de investidores que acreditam na matéria-prima cultivada no Estado”.

Anúncio