Falta de energia elétrica afeta o sistema de abastecimento de água tratada em Manaus

As quatro estações de tratamento da capital (Ponta do Ismael I e II, Ponta das Lajes e Mauazinho) e os 44 Centros de Produção de Água Subterrânea (CPAS) foram desligadas

Manaus – A Águas de Manaus informou, através de um comunicado, que devido ao blecaute que deixou a cidade sem energia elétrica por aproximadamente uma hora na tarde desta terça-feira (08), a produção e a distribuição de água tratada foram afetadas em todas as regiões da capital. As quatro estações de tratamento da capital (Ponta do Ismael I e II, Ponta das Lajes e Mauazinho) e os 44 Centros de Produção de Água Subterrânea (CPAS) administrados pela concessionária foram desligados. Bairros em toda a cidade de Manaus podem apresentar oscilações no abastecimento de água ao longo das próximas 24 horas. A normalização dependerá do retorno da energia elétrica em cada ponto de produção de água.

(Foto: Divulgação)

Ainda através do comunicado, a Águas de Manaus pede que as pessoas façam o uso consciente da água neste período e seguirá trabalhando para normalizar a situação no menor tempo possível e informará o prazo de restabelecimento no decorrer do dia. Qualquer ocorrência que necessite intervenção da empresa, deve ser registrada nos canais oficiais de relacionamento com o cliente: SAC 0800-092-0195, Whatsapp 98264-0464, site aguasdemanaus.com.br e aplicativo Águas APP.

Anúncio