Farinha de trigo falsificada que seria vendida é apreendida em Manaus

O alimento estava em um depósito que funcionava como uma empacotadora ilegal de alimentos na zona leste

Manaus – Aproximadamente 25 toneladas de farinha de trigo falsificada, foram apreendidas, nesta segunda-feira (26), em um depósito que funcionava como uma empacotadora ilegal de alimentos na zona leste de Manaus. A suspeita é que o produto seria vendido para consumidores.

(Foto:Divulgação/Semsa)

“A Visa Manaus recebeu uma denúncia, a partir da Polícia Civil, informando que nesse depósito havia a suspeita de ensacamento de farinha de trigo falsificada, e prontamente mobilizamos nossa equipe para ir averiguar o local”, explica o diretor da Diretoria de Vigilância Sanitária (Visa Manaus), Ewerton Wanderley.

No depósito, os fiscais da Gerência de Vigilância de Alimentos (Gevali) da Visa Manaus constataram a presença de grande quantidade do trigo falsificado, além de condições precárias de higiene nas instalações, como lixo acumulado próximo à entrada, funcionários sem vestimenta adequada e a presença de baratas e carunchos.

blank

(Foto: Divulgação/Semsa)

“O proprietário alegou que a farinha de trigo encontrada seria utilizada na produção de cola, mas há a suspeita de que o produto fosse ensacado em embalagens de marcas legítimas, colocando em risco a saúde dos consumidores”, esclarece Ricardo Celestino, gerente de Vigilância de Alimentos da Visa Manaus.

O depósito foi imediatamente interditado pela Vigilância municipal. As 25 toneladas de farinha de trigo falsificada foram apreendidas em depósito no próprio local, e serão levadas, ao longo dos próximos dias, para descarte no Aterro de Resíduos Sólidos de Manaus, localizado no quilômetro 19, da rodovia AM-010.

blank

(Foto:Divulgação/Semsa)

O proprietário foi conduzido ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para esclarecimentos. Ele também responderá a Processo Administrativo Sanitário, que pode resultar em multa de 1 a 400 UFMs (Unidades Fiscais do Município), cujo valor atual é de R$ 139,82, sem prejuízo da devida responsabilização penal.

A população pode denunciar irregularidades sanitárias relativas a produtos e serviços por meio da Ouvidoria da Visa Manaus, no número (92) 98842-8481, ou pelo e-mail [email protected].

Anúncio