Flores e cartazes ocupam entrada da Max Teixeira após morte de motorista

Homenagem ao motorista de ônibus Francisco Araújo da Silva, assassinado durante um assalto, traz pedidos de Justiça

Manaus – Flores em homenagem ao motorista de ônibus Francisco Araújo da Silva, 51, vítima de um latrocínio, ocorrido na noite da última quinta-feira (14), foram deixadas no início da Avenida Max Teixeira, nas proximidades do local onde Francisco foi morto, com um tiro na região da lombar.

Flores e cartazes ocupam entrada da Max Teixeira após morte de motorista (Foto: Jimmy Geber)

Cartazes também foram deixados no local com mensagens que pedem Justiça pelo assassinato do motorista, morto enquanto trabalhava. Francisco Araújo foi morto durante um assalto a um ônibus da linha 450.

Leia também: Dor, choro e revolta marcam adeus a motorista morto em tentativa de assalto

O crime aconteceu na entrada da Avenida Max Teixeira, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, quando ocorreu uma troca de tiros entre assaltantes e um policial que estava no veículo. Um dos assaltantes, mesmo ferido, conseguiu fugir. O outro assaltante foi atingido na cabeça, por um disparo de arma de fogo, e segue internado em estado estável no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio.