Força Aérea leva 968 toneladas de itens de combate à Covid-19 ao AM

A carga transportada entre os dias 8 e 29 de janeiro inclui tanques de oxigênio líquido e cilindros de oxigênio, entre outros

Brasília – A Força Aérea Brasileira levou ao Amazonas 968 toneladas de equipamentos e itens em geral para utilização no combate à covid-19, segundo balanço do órgão. O estado vive uma das situações mais críticas da Covid-19 no Brasil e sofre com escassez de oxigênio.

Cilindros colocados em avião da FAB para serem levados a Manaus (Foto: Divulgação/Centro de Comunicação Social da Aeronáutica)

O isolamento da capital Manaus, na região amazônica, dificulta a chegada de socorro por terra, o que tornou necessário o envio de recursos com uso de aeronaves e balsas.

Entre os dias 8 e 29 de janeiro, foram transportados pelas Forças Armadas tanques de oxigênio líquido, cilindros de oxigênio, respiradores, monitores e outros equipamentos médicos.

O balanço divulgado pela Força Aérea Brasileira indica também que já foram realizadas 915 horas de voos na operação de apoio ao Amazonas. Nesse trabalho está considerado também o transporte de 349 pacientes para outras cidades e estados onde o sistema de saúde está menos sobrecarregado no atendimento a pacientes com Covid-19.