Fungo é a principal causa de morte em pacientes com HIV no Amazonas, diz estudo

Os pesquisadores avaliaram 61 pacientes que morreram em um hospital especializado em doenças tropicais de Manaus

Manaus – Um fungo pode ser um dos principais responsáveis pela morte de pessoas com HIV no Amazonas. Uma série de autópsias encontrou infecções por Histoplasma no cadáver de diversas vítimas da doença. O estudo é liderado pelo pelo Instituto de Saúde Global de Barcelona (ISGlobal) em parceira com uma equipe de médicos de Manaus (AM).

tumografia (Foto: Reprodução/Anna Shvets/Pexels)

Fungo é a principal causa de morte em pacientes com HIV no Amazonas, diz estudo. (Foto: Reprodução/Anna Shvets/Pexels)

O fungo é frequentemente encontrado na América Latina, na África e nos Estados Unidos e inalação de esporos pode causar uma infecção chamada de histoplasmose. No entanto, em pessoas com o sistema imunológico saudável isso não deve causar grandes problemas.

Mas, pacientes com HIV ficam mais vulneráveis, o que pode facilitar infecções mais graves por fungos e, se não tratado, o quadro pode levar à morte.

“O problema é que não se sabe qual é a carga exata da doença em regiões endêmicas, já que seus sintomas são frequentemente confundidos com tuberculose”, diz Miguel Martinez, pesquisador do ISGlobal.

Pacientes com HIV e o fungo

Os pesquisadores avaliaram 61 pacientes que morreram em um hospital especializado em doenças tropicais de Manaus. Na autópsia, foi detectada uma elevada taxa do fungo Histoplasma em corpos de pessoas com HIV. A infecção causou grandes danos aos órgãos internos. O sequenciamento genérico identificou uma grande variedade de cepas do fungo circulando na região.

“Apesar da alta mortalidade por histoplasmose, 75% dos casos não foram suspeitos clinicamente”, diz Natalia Rakislova, autora do estudo. Como não foi detectado precocemente na maioria dos pacientes que morreram, os médicos recomendam que pessoas com HIV gravemente imunocomprometidos que vivem na região onde o fungo está se disseminando façam um tratamento com antifúngico.

Anúncio