Fúria: briga no trânsito termina em quebra-quebra em rua de Manaus

Vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que um dos motoristas quebrou todos os vidros, faróis, lanternas e furou todos os pneus de outro carro; veja vídeos!

Manaus – Confusão no trânsito amazonense resultou em quebra-quebra entre condutores, nesta quarta-feira (26), por volta das 13h, na Avenida Coletora, no bairro Cidade Nova, na zona Norte. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que um dos motoristas quebrou todos os vidros e furou todos os pneus de outro carro.

(Foto: Reprodução)

Nas imagens, divulgada nas redes sociais, é possível verificar um amontoado de carros no cruzamento da Avenida Coletora com a Avenida Timbiras, na zona norte de Manaus.

Em determinado momento, o motorista de um carro modelo Uno na cor prata, dá ré e acaba batendo em outro carro. Motoristas correm atrás do Uno que faz uma manobra, vai embora do local e quando volta, acerta em cheio um veículo preto que estava parado no local.

O motorista do carro modelo Prisma, na cor prata, que estava do lado do carro preto, batido pelo Uno, vai atrás do motorista, que foge do local após a batida.

Em outro vídeo, vemos o momento em que o motorista do carro Prisma localiza o carro Uno. Após alguns minutos parado em frente ao Uno, o motorista pega uma espécie de barra de ferro e começa a quebrar as lanternas, faróis e os vidros do carro. Não satisfeito, fura os quatro pneus do carro e depois vai embora.

Na publicação os internautas deram sua opinião sobre o ocorrido. “Rapaz, esse cara tá precisando de um tratamento psiquiátrico”, disse um. “As pessoas que criticam a reação do cara que quebrou o Uno, é porque nunca passaram pela situação”, comentou outro rapaz. “Toda história tem dois lados né? Então muito bom esclarecer ambas as parte”, pontou a internauta.

A equipe de reportagem do GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) para verificar se ouve registro de ocorrência na 6º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), mas até a publicação desta matéria não houve retorno.

Anúncio