General do Exército assume Segurança no AM

Carlos Alberto Mansur assume após pedido de afastamento do coronel PM Louismar Bonates

Manaus – O general de divisão do Exército Brasileiro Carlos Alberto Mansur assume a secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP) nesta terça-feira (3). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da SSP. Segundo as informações, a Secretaria de Comunicação do Estado (Secom), é quem deve enviar o comunicado oficial ainda nesta terça-feira (3).

(Foto: Rodrigo Sales)

Na última quinta-feira (29), o secretário de Segurança do Amazonas, coronel PM Louismar Bonates, pediu afastamento do cargo. Segundo fontes ligadas a Bonates na SSP, a razão seria para tratar problemas de saúde.

Louismar Bonates foi exonerado do cargo pelo governador em exercício Carlos Almeida no dia 21 de junho, mas teve a exoneração suspensa pelo governador Wilson Lima no  mesmo dia, mantendo-o no cargo. Segundo Carlos Almeida, a decisão de exonerar o secretário partiu das consecutivas falhas e escândalos envolvendo a cúpula da SSP. Além da crise instaurada com o domínio da criminalidade no Estado, também ocorreu a prisão de um dos principais membros da pasta, o secretário de Inteligência da Segurança Pública, Samir Freire, durante a operação ‘Garimpo Urbano’. Segundo o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), os suspeitos utilizaram o aparelhamento do Estado para a prática de crimes.

Carlos Alberto Mansur assume o cargo de Bonates. O general  afirmou que pretende dar continuidade ao trabalho na área de segurança, buscando integração cada vez maior entre os órgãos para promover a segurança pública para os amazonenses. “Prometo ao senhor trabalhar 24 horas por dia e os sete dias da semana com total lealdade, dedicação e comprometimento. E buscar cada vez mais pela excelência”, afirmou o novo titular da SSP-AM.

Nascido na cidade de Paranaguá (PR), o general Mansur iniciou a vida militar em 1977, quando entrou na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, sediada em Campinas (SP). Foi declarado aspirante a oficial da Arma de Artilharia em 1983 e classificado no 5º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado, sediado em Curitiba (PR).

Bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras, o general Mansur tem especialização em Manutenção de Material Bélico pela Escola de Material Bélico; Montanhismo, pelo 11º Batalhão de Infantaria de Montanha; Inteligência Militar pela Escola de Inteligência Militar do Exército; Comunicação Social, pelo Centro de Comunicação Social do Exército; Inglês, pelo Centro de Idiomas do Exército; e em Operações na Selva, pelo Centro de Instrução de Guerra na Selva.

Também é pós-graduado em Comando e Estado-Maior, e Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, ambos pela Escola de Comando e Estado Maior do Exército; em Planejamento Estratégico Organizacional, pela Fundação Trompowski; e Master in Business Administration (MBA), pela Fundação Getúlio Vargas (RJ). O general também é mestre em Operações Militares, pela escola de Aperfeiçoamento de Oficiais.

Pela vasta experiência, o general “três estrelas” ocupou cargos como comandante da subunidade e oficial de operação do 14º Grupo de Artilharia de Campanha, fez parte do corpo docente da Academia Militar das Agulhas Negras, foi Observador Militar da Organização das Nações Unidas (ONU) na Guatemala, chefe da seção de medalhista da Secretaria Geral do Exército, diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército no Rio de Janeiro, chefe do Estado-Maior da 1ª Brigada de Infantaria de Selva em Boa Vista (RR); chefe da 3ª Seção (Operações) do Comando Militar do Sudeste e subchefe do Estado-Maior do Comando Militar da Amazônia (CMA), em Manaus (AM).

O general Mansur foi Adido Militar de Defesa Naval, do Exército e da Aeronáutica na China, Coréia e Vietnã. Recentemente foi vice-chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, sendo este o último cargo ocupado na instituição nacional.

Principais comandos

O general de divisão também passou pelo alto escalão do Exército Brasileiro, comandando unidades militares como o 10º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva em Boa Vista (RR); Escola de Formação Complementar do Exército e Colégio Militar de Salvador (BA); 1ª Brigada de Infantaria de Selva de Boa Vista (RR); 5ª Região Militar de Curitiba (PR), e 12ª Região Militar, em Manaus (AM).

Honrarias

Durante a vida dedicada à instituição nacional, o general Mansur foi homenageado com títulos de cidadão do Amazonas, cidadão boa-vistense, em Boa Vista (RR) e do Paraná, pelos serviços prestados aos estados.

Em mais de 40 anos dedicados à vida militar, o general já foi condecorado com mais de 50 medalhas. Entre elas estão a de Amigo do Bombeiro do Estado de Roraima; Amigo da PMRR; Mérito de Tiro de Guerra; Mérito Cândido Mariano; de 180 Anos da Polícia Militar do Amazonas; Marechal Osório – O Legendário; Mérito Tamandaré; Almirante Tamandaré; Amigo da Marinha; Ordem do Pinheiro Paraná; Pró Pátria; Mérito Judiciário Militar; Militar de Ouro, e Ordem do Mérito Militar – Grau Comendador.

**Matéria atualizada às 16h23**

Anúncio