Governo Federal se pronuncia sobre helicópteros incendiados em Manaus

Aeronaves do Ibama estavam no Aeroclube do Amazonas

Manaus – O Governo Federal se pronunciou a respeito dos dois helicópteros do Ibama incendiados na manhã desta segunda-feira (24) em Manaus. O Ministério da Justiça e Segurança Pública e Ministério do Meio Ambiente repudiou os incêndios criminosos e informou que a Polícia Federal foi acionada para investigar o caso, pois o Ibama é um órgão da União.

(Foto: Divulgação)

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas confirmou que um helicóptero foi totalmente destruído e o outro, parcialmente atingido pelas chamas. As aeronaves do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) estavam dentro do Aeroclube do Amazonas. Os autores do crime ainda não foram encontrados.

Uma equipe da 22ª Ccompanhia Interativa Comunitária (Cicom) da Polícia Militar também foi acionada para atender a ocorrência. As duas aeronaves estavam na operação de combate ao garimpo ilegal no Rio Madeira, no final do ano passado. Há suspeita que o ataque aos helicópteros tenha ligação com o caso.

Confira a nota do Governo Federal

O Governo Federal repudia qualquer ação contra a estrutura de combate aos crimes ambientais, como o incêndio criminoso ocorrido nesta segunda-feira (24) contra duas aeronaves do Ibama, em Manaus (AM). A Polícia Federal foi acionada imediatamente após o conhecimento dos fatos. O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional; e o Ministério do Meio Ambiente, por meio do Ibama e ICMBio, continuarão atuando de forma contundente contra os crimes na região da Amazônia.

Anúncio