Idoso quase morre soterrado após chuva causar alagamentos e desabamento de casa em Manaus

Prédio ao lado da casa desabada foi tomado por água e barro. Idoso foi socorrido pelo filho e vizinhos para não morrer debaixo de lama

Manaus – As chuvas fortes da tarde deste domingo (28) causaram alagamentos e um desabamento na Rua Santos, bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus. Um idoso de 71 anos teve escoriações.

Claiane Mesquita mora na casa que desabou, e ela conta que no momento do incidente apenas a mãe estava em casa. Ela e a irmã, que tem um bebê de três meses, haviam saído para um aniversário.

A casa ficou destruída (Foto: Renê Silva)

“A gente tinha ido pra casa da minha sogra e minha mãe me ligou dizendo que a água estava transbordando no vaso sanitário, que fica embaixo da tubulação. A minha mãe essa hora da tarde está descansando, meu sobrinho fica na rede e minha irmã na cama. A gente só não estava aqui no momento porque hoje é aniversário da minha sogra”, explicou Claiane.

Com o desabamento de uma parte da casa, o prédio ao lado foi tomado por água e barro. Neste momento, um idoso estava em frente ao local e quase foi soterrado, segundo o filho. O idoso foi encaminhado ao Hospital e Pronto-socorro 28 de Agosto.

blank

(Foto: Renê Silva)

“Ele estava na porta e quando estourou a casa da vizinha, a água levou ele, eu tive que pular pra socorrer ele pra ele não morrer debaixo da lama. Os vizinhos formaram uma corda humana e saíram puxando todo mundo, foi quando conseguimos salvar ele”, contou Antônio Fábio.

De acordo com a Defesa Civil, quatro casa foram afetadas pelo alagamento. Apenas uma foi interditada, as outras passarão por limpeza.

“Aqui constatamos um bueiro, ele foi desalinhado, muita sujeira e lixo, quando chegou aqui que é ladeira ele estourou. Estamos com nosso técnicos aqui. Estamos fazendo os cadastros deles, já acionamos a Seminf, que toma conta da infraestrutura.

blank

(Foto: Renê Silva)

Uma equipe Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), foi acionada para atender os moradores das casas afetadas.

Anúncio