Incêndio destrói casa na zona centro-sul de Manaus; veja vídeo

Suspeita é que incêndio foi causado por familiar

Manaus – Uma casa foi incendiada em uma área nobre de Manaus na tarde desta terça-feira (1). O caso aconteceu por volta das 16h, no Beco Mauá, bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus. No momento do fogo havia um casal e um cachorro de estimação dentro da residência, que conseguiram sair em segurança. A suspeita é que o incêndio tenha sido planejado por uma familiar.

No local moravam cinco pessoas, sendo três adultos e duas crianças. A bacharel em direito, Melina Franca, relatou que quem ateou fogo na casa foi a irmã do seu companheiro, que está grávida e tem mais duas crianças. Segundo Melina, a cunhada ateou fogo e trancou a porta com um cadeado.

“Ela está programando isso deste segunda-feira, ela já saiu com mala. Foi incêndio criminoso com toda certeza, tanto que ela só esperou a gente entrar na casa, saiu com as duas crianças e jogou fogo. Ela já tinha comentado na vizinhança que ia ‘tacar’ fogo. A gente ainda se arriscou para salvar nosso cachorrinho que estava lá dentro”, afirmou.

A casa pertencia à mãe da suspeita e do irmão dela. Após a morte da proprietária o filho foi morar na casa junto com a namorada, que também perdeu a mãe na mesma época. O casal estava hospedado na casa enquanto procurava outro local para morar. A cunhada havia dito à Melina que não queria ela morando na casa.

“Meu namorado disse a ela para nos dar uns dias enquanto procurávamos uma casa. Ela olhou na minha cara e disse que não me queria aqui. Eu tenho mensagens dela dizendo que ia jogar minhas coisas na rua. Eu disse que não ia ficar, era só enquanto a gente procurava um local para morar, até porque ele também tem direito de morar na casa tanto quanto ela”, pontuou.

Ainda segundo Melina a cunhada fez falsas acusações contra o irmão, procurando a polícia para denunciar uma suposta agressão contra ela. O irmão ficou ciente da acusação ao receber uma intimação a respeito da denúncia.

“Ela arranjou tempo de ir até a delegacia da mulher fazer a denúncia de violência, chamou uma viatura aqui falando ontem que ele quebrou ela, sendo que eu jamais permitiria isso, ainda mais porque é mulher e está grávida”. Melina Franca afirmou que vai levar o caso à polícia.

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) foi acionado e realizou o combate ao fogo. A equipe utilizou aproximadamente 5 mil litros de água para combater o fogo. A estrutura da casa ficou completamente comprometida, segundo o tenente Valério.

“A gente fez o combate contra o com êxito, não tinha vítima e conseguimos fazer isolamento da área. A estrutura (da casa) está totalmente colapsada, com risco de desabamento, então aconselhamos os moradores a evitar o acesso e acionar a Defesa Civil”, afirmou.

Veja o vídeo:

**Matéria atualizada às 17h58**

Anúncio