Interior do AM terá R$ 34 milhões para saneamento básico

Projetos contemplam municípios de Benjamin Constant, Itapiranga, Maraã, Tabatinga e Juruá, que somam R$ 11 milhões. Já os de Alvarães, Anamã, Anori, Beruri e Caapiranga, somam R$ 23 mi

Manaus – O Amazonas, por meio da Companhia de Desenvolvimento do Amazonas (Ciama), está viabilizando a aplicação de R$ 170 milhões em saneamento básico de municípios do interior do Estado. Os recursos são provenientes da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e contemplam cidades com serviços parados, desde 2016, por falta de projetos adequados de infraestrutura, e outras por pendências documentais. O repasse aos projetos prontos para receber recursos, sendo cinco deles totalmente elaborados pela Ciama e outros cinco atualizados pela companhia, que somam R$ 34 milhões, foram feitos nesta quarta-feira (12), pelo governador Wilson Lima.

“Nós tínhamos recursos na Funasa, mas não tínhamos projetos. Recursos que estavam parados há aproximadamente três anos. Chamei a Ciama, juntamente com outros técnicos do Governo do Estado, e prefeitos para que a gente pudesse dar continuidade a esses pleitos”, explicou o governador Wilson Lima.

Verba de R$170 milhões estava parada desde 2016 (Foto: Diego Peres/Secom)

Com o trabalho executado, o Governo do Amazonas evitou que o recurso fosse perdido e entregou, ontem, projetos completos para os municípios de Benjamin Constant, Itapiranga, Maraã, Tabatinga e Juruá, que somam R$ 11 milhões. Já para os municípios de Alvarães, Anamã, Anori, Beruri e Caapiranga, a Ciama fez a atualização dos projetos, que agora estarão aptos para receber recursos, que somam R$ 23 milhões.

Na segunda etapa do trabalho, com prazo de conclusão até 31 de dezembro de 2019, será a vez de Amaturá, Autazes, Boca do Acre, Tapauá, Uarini, Urucará, Urucurituba, Novo Airão, Novo Aripuanã, Nhamundá, Santo Antônio do Içá e São Paulo de Olivença. Os municípios projetos prontos para darem início às obras de ampliação, melhoria ou implantação de novas estações de tratamento de água, no valor de R$ 29 milhões.

ProsaiMaués é lembrado
Na questão do saneamento básico no interior do Estado, o governador Wilson Lima lembrou as ações do Executivo, como a execução das obras do Programa de Saneamento Integrado de Maués (ProsaiMaués) que tem por objetivo contribuir para a solução dos problemas de saneamento básico, urbanísticos e socioambientais que afetam a qualidade de vida da população e a sustentabilidade socioeconômica do município.

Além disso, o governador também destacou a instalação do sistema de purificação de água Salta-Z nos municípios do interior. O sistema Salta-Z foi desenvolvido por servidores da Funasa e também segue o princípio de sustentabilidade, utilizando materiais ecologicamente corretos.