Lojas do Amazonas Shopping reforçam sistema drive-thru e delivery durante o decreto

Os serviços considerados essenciais continuam funcionando com atendimento nas lojas, o supermercado Carrefour abre das 8h às 22h

Manaus – As  lojas do Amazonas Shopping estão funcionando pelas modalidades drive-thru e delivery. A medida atende ao decreto n° 43.269, do Governo do Amazonas, que prevê a suspensão por 15 dias no atendimento presencial de atividades consideradas não essenciais.

Fachada Amazonas Shopping. (Foto: Divulgação)

Os serviços considerados essenciais continuam funcionando com atendimento nas lojas. O supermercado Carrefour abre das 8h às 22h. A Clínica Vitá atende de segunda-feira a sexta, das 6h30 às 20h e sábado das 7h às 19h. A Bemol Farma funciona de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h e domingo das 12h às 21h. Na Santo Remédio o atendimento está sendo realizado das 8h às 22h, de segunda-feira a sábado e domingo das 11h às 21h. Já a Drogasil abre das 10h às 20h, todos os dias.

Leia mais: Amazonas revive o pesadelo da Covid

A loteria abre de segunda-feira a sábado, das 10h às 20h e domingo das 12h às 21h. A Caixa Econômica Federal atende das 8h às 15h e o Bradesco das 9h às 15h, de segunda-feira a sexta-feira. A academia Smart Fit funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 6h às 22h, com pausa das 14h às 15h para higienização dos ambientes. No sábado, o local abre das 9h às 18h, com intervalo das 12h30 às 13h30. No domingo a unidade não funciona.

Pelo atendimento drive-thru o cliente tem a comodidade  e a segurança de realizar suas compras pelos canais digitais das lojas e agendar o dia da retirada do produto no shopping, sem precisar sair do veículo. A lista de lojas que estão atendendo pelo drive-thru pode ser acessada no site www.amazonasshopping.com.br/compra-online.

Para fazer as compras, basta acessar o link de whatsapp das lojas nos canais digitais do shopping. Um vendedor irá atender o cliente, apresentando as opções de produtos e valores. Ao final da compra, o consumidor combina a forma de pagamento e agenda o dia e hora para tirar o produto. Na data marcada, dirige-se ao ponto de encontro localizado no estacionamento e aguarda dentro do veículo para receber suas compras com segurança e devidamente higienizadas. Algumas lojas oferecem, ainda, a opção de delivery. Para a segurança de todos, o Amazonas Shopping recomenda que, mesmo de carro, os clientes utilizem máscara, quando forem retirar as mercadorias.

O Amazonas Shopping também continua adotando uma série de cuidados para a prevenção ao coronavírus. Entre as ações estão a aferição de temperatura em todas as entradas, disponibilização de dispensers de álcool em gel com acionamento pelo pé, marcação do piso das escadas rolantes, lotéricas, bancos, entre outros espaços, para que o distanciamento recomendado seja seguido. Como determina o governo do Estado, é obrigatório o uso de máscaras pelos clientes, lojistas e equipe de apoio do shopping.

 

Documento determina o fechamento das atividades não essenciais no Estado

 

O juiz plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Leoney Figliuolo Harraquian, determinou o fechamento de todo o comércio não essencial no Amazonas pelo prazo de 15 dias. A decisão foi tomada no final da tarde do último sábado (2) e atende pedido do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), em uma ação civil pública protocolada no início da tarde deste sábado pelo promotor de Justiça Antônio José Mancilha.

Na decisão, o magistrado determina a “adoção da recomendação da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) em Parecer Técnico datado de 31 de dezembro, para a suspensão das atividades de estabelecimentos considerados não essenciais, pelo prazo de 15, além de indicar para cada categoria de estabelecimento que desenvolve atividade essencial, autorizado a funcionar, as medidas que impeçam a ocorrência de aglomeração de pessoas durante o atendimento”.

Caso o governo do Estado não atenda a determinação, pode receber multa diária de até R$ 50 mil pelo descumprimento.

Anúncio