Mãe e padrasto de criança desaparecida em comunidade no AM são presos

De acordo com o Corpo de Bombeiros do Amazonas, as buscas pelo menino continuam

Manaus – Após 11 dias do desaparecimento de Gabriel Souza Chaves, de 11 anos, no último dia 19 de novembro, na comunidade Vila Jacaré, na zona Rural de Manacapuru, a delegada Roberta Merly, da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru pediu, nesta terça-feira (30), a prisão temporária da mãe da vítima, Michele dos Santos Souza, 23, e do padrasto da criança, Francisco Delfim Tales, 54. De acordo com o Corpo de Bombeiros do Amazonas, as buscas pelo menino continuam.

Foto: Divulgação

“Estávamos trabalhando com o desaparecimento, mas no decorrer das investigações e após uma reunião realizada no último domingo (28), com a equipe que retornou e estava na mata nesta comunidade, nós encontramos alguns pontos obscuros, que não fechavam e foram justamente esses pontos que motivaram o pedido da prisão temporária”, disse a delegada.

Nesta terça, a Ordem Judicial foi cumprida pela Polícia Civil. O padrasto e a mãe de Gabriel foram presos nesta manhã.

Após o registro de desaparecimento da criança, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), por meio, da Companhia Interativa de Polícia de Cães (CIP Cães), com agentes do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) realizam a operação em busca da criança desde o dia 21 de novembro.

O caso

Segundo informação da família, a criança saiu de casa após ser contrariado pelo padrasto, que desligou a TV que Gabriel e o irmão, de 7 anos, assistiam desenho.

Revoltado, a criança entrou em uma área de mata acompanhado dos cachorros e levou um terçado, mas somente os animais retornaram para casa.

Anúncio