Mais 20 municípios retornam às aulas presenciais no Amazonas

Cidades terão aulas em sistema híbrido, nos moldes de Manaus e Região Metropolitana

Manaus – As cidades de Alvarães, Amaturá, Anamã, Borba, Caapiranga, Canutama, Coari, Eirunepé, Juruá, Lábrea, Manicoré, Maraã, Pauini, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Tefé, Tonantins, Uarini, Urucará e Urucurituba retornaram com as aulas presenciais, nesta quarta-feira (02). Ao todo, mais de 60 mil estudantes voltaram às salas de aula, em 100 escolas da rede estadual.

(Foto: Herick Pereira/Secom)

A retomada segue o cronograma de reabertura gradativa das instituições de ensino do interior do estado. Todas as unidades escolares passaram por adequações estruturais para garantir o cumprimento dos protocolos de saúde e combater a Covid-19, promovendo um retorno seguro para alunos e profissionais da Educação. Em todas as escolas, a retomada segue o modelo de revezamento entre atividades presenciais e remotas.

“O retorno é importante para que nossos estudantes tenham pouco prejuízo pedagógico, para sanar dúvidas e buscar caminhos para que todos eles tenham o acesso necessário ao conhecimento e à educação”, diz a secretária executiva adjunta do Interior, Ana Maria Freitas.

A secretária explica que a Secretaria de Estado de Educação e Desporto fez um trabalho de repriorização curricular para focar nos conteúdos que são essenciais.

“A secretaria realiza um trabalho de avaliação pedagógica dos alunos para verificação de conteúdo absorvido nas aulas não presenciais, dando início a um processo de recuperação de aprendizagem, focando nas necessidades dos estudantes”, frisa Freitas.

Anúncio