Mais concorrido da Ufam, Medicina tem nota de corte acima de 800, no Sisu

Alguns dos cursos mais desejados, como Medicina (803,18), Direito (775,77) e Engenharia Civil (709,50), apresentaram ampla concorrência, segundo o cálculo apresentado pelo aplicativo

Manaus – A REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (RDC) pesquisou as notas de corte mais recentes do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), voltadas para ingresso na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), com base no aplicativo oficial do processo seletivo. Alguns dos cursos mais desejados, como Medicina (803,18), Direito (775,77) e Engenharia Civil (709,50), apresentaram ampla concorrência, segundo o cálculo apresentado pelo aplicativo, na tarde desta quarta-feira (23).

Outros cursos da Ufam com alta nota de corte são: Odontologia (759,76), Comunicação Social – Jornalismo (717,36), Psicologia (733,23), Administração (613,36), Engenharia de Alimentos (633,87), Engenharia de Materiais (625,16), Filosofia (636,24) e História (664,28).

Universidade Federal do Amazonas (Ufam) disponibiliza 2,7 mil vagas através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) (Foto: Sandro Pereira/RDC/Arquivo)

As notas de corte do Sisu são as notas mínimas para que o candidato seja selecionado para determinado curso Superior e são recalculadas todos os dias, o que requer visita diária dos candidatos ao site oficial do Sisu ou ao aplicativo do processo seletivo. O período de inscrições, neste ano, iniciou no último dia 22 e encerra amanhã (25).

Conforme os candidatos com notas altas forem se candidatando, os participantes com as pontuações mais baixas vão sendo eliminados, e a nota de corte vai ficando cada vez mais alta. Esse é o motivo pelo qual os cursos mais concorridos tendem a ter notas de corte muito mais altas que os de baixa concorrência.

As notas são calculadas de acordo com o número de vagas ofertadas pelas universidades públicas e na quantidade de candidatos que se inscreveram no curso pretendido. As notas de corte são apenas uma base para o aluno saber se tem chances de entrar na universidade que escolheu e não são garantia de que o aluno consiga a vaga.

Para se inscrever no Sisu, o candidato precisa ter o número de inscrição e a senha do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior. A inscrição é feita, sem custo, no site oficial do processo seletivo. Dependendo da modalidade do curso escolhido, o candidato deverá apresentar documentos como comprovante de renda e certificado de conclusão do Ensino Médio.

Requisito

Criado pelo governo federal em 2010 e gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), o Sisu visa selecionar candidatos que participaram do Enem para alocá-los em universidades públicas. Podem participar do processo seletivo todos os estudantes que tenham participado do Enem, no ano passado à inscrição, contanto que não tenham zerado na redação.