Mais de 20 mil devem sair de Manaus durante o feriado de Finados, diz Arsam

Órgão preparou 30 servidores para operação que visa proibir o transporte clandestino de passageiros e a segurança dos trajetos intermunicipais nas principais vias de saída da capital

Manaus – Para garantir a segurança nas estradas durante o feriado prolongado, a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) realiza, desde esta quinta-feira (1), a operação Finados, que segue até domingo (4), nas principais saídas da capital.
A estimativa é que mais de 20 mil saiam de Manaus utilizando os serviços regulados e fiscalizados pela Arsam. No bilhete ou passagem de ônibus devem constar a linha para a cidade de destino, a data e os horários de saída e chegada, que devem ser rigorosamente cumpridos.

Operação Finados iniciou na quinta-feira (1). (Foto: Eraldo Lopes)

O objetivo da operação é coibir o transporte clandestino de passageiros e a segurança dos trajetos intermunicipais. A fiscalização do serviço de transporte rodoviário e de afretamento será intensificada na plataforma de embarque da Rodoviária Huascar Angelim e nas saídas da capital como a Ponte Rio Negro e rodovias AM-010 e BR-174 e conta com o apoio de 30 servidores, que atuarão em outros pontos fixos e volantes, em parceria com a Polícia Militar do Amazonas, SMTU e Detran – AM.

Serão fiscalizados com rigor a documentação de veículos e condutores, o cumprimento de horários e gratuidades obrigatórias, condições dos pneus, para-brisas, o uso de cinto de segurança, limpeza e funcionamento de banheiros nas viagens acima de 45 km e, no caso dos que oferecem o serviço de afretamento, o selo de cadastramento e vistoria junto ao órgão regulador. É proibido o transporte de passageiros em pé e, por isso, os ônibus intermunicipais passarão por duas vistorias: na rodoviária e na Ponte Phelippe Daou (Rio Negro). “Todos os passageiros devem ser transportados sentados e isso será verificado durante toda a operação”, declarou o diretor-presidente da Arsam, Miguel Vital.

O serviço de transporte rodoviário intermunicipal prestado no Amazonas possui 17 linhas intermunicipais, disponíveis das 5h30min às 23h, diariamente. Os destinos mais procurados são os municípios de Iranduba, Manacapuru, Presidente Figueiredo, Itapiranga e Itacoatiara.

Gratuidade

Em cumprimento à Lei 4.463, de 26 de abril de 2017, que dispõe sobre a gratuidade e desconto ao idoso no preço das passagens de transporte rodoviário intermunicipal, à Lei 3.006/2005 e Resolução 002/2009/ARSAM, é garantido o transporte gratuito, bem como a venda com desconto de 50% do valor do bilhete de passagem, para pessoas com deficiência, idosos maiores de 60 anos, crianças menores de 10 anos, desde que acompanhadas de responsável, policiais em serviço, aposentados por invalidez e alunos devidamente uniformizados, apenas durante o período letivo.

Para garantir a isenção total ou parcial da tarifa, o passageiro deverá fazer uma reserva, com no mínimo três horas de antecedência.

Anúncio