Mais de cinco mil pessoas devem deixar a cidade no feriado prolongado de Páscoa

Agência Reguladora informa que vai intensificar as fiscalizações nas principais saídas da cidade de Manaus por via terrestre e fluvial

Manaus – A Agência Reguladora e Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam), informou que vai intensificar as fiscalizações nas principais saídas da cidade de Manaus por via terrestre e fluvial, por conta do feriado prolongado de Páscoa.

A Agência reguladora estima que cerca de 5.500 pessoas deixem a capital amazonense, sendo 2.500 utilizando o transporte rodoviário e 3.000 o hidroviário.

Os fiscais, além de verificarem todos os materiais de segurança para viajar, também vão observar as questões prevenção contra a Covid-19. Durante as abordagens, serão cobradas o cumprimento tanto das medidas sanitárias, como o uso obrigatório de máscara, a redução em até 50% nos números de passageiros de veículos e embarcações e o distanciamento entre assentos ou redes.

“A fiscalização acontece em vários pontos, como na saída da cidade. No fluvial possuímos uma central integrada, que consta a parceria de vários órgãos e a gente atua justamente no combate ao contágio do Covid. A legislação, em função disso prevê a possibilidade de multas e se assim ocorrer, a agencia reguladora autua o infrator e essa multa pode chegar até, no máximo R$ 10 mil”, disse Erick Edelman, chefe do setor de transporte da Arsam.

Medidas de prevenção contra a Covid-19 também serão averiguadas (Foto: Marcos Lima)

No feriado de Páscoa do não passado, o transporte intermunicipal de passageiros fluvial e rodoviário estava restrito apenas aos casos de urgência e emergência e serviços essenciais. O fato se repetiu em janeiro e fevereiro deste ano. O transporte só foi liberado no dia 5 de março desse ano, após a publicação do Decreto Estadual Nº43.522, que permitia o transporte de forma gradual, seguindo as normas sanitárias.

“Minha amiga vai morar em Manacapuru, aí eu aproveitei para conhecer a cidade, que eu nunca fui e para aproveitar esse feriadão. É a primeira vez que eu vou viajar depois da pandemia. A gente tem que sair, fazer alguma coisa, mas sempre se cuidado, usando máscaras. Não podemos ficar presos em casa”, disse a autônoma Doraci Machado. O serviço pode ser operado.

Além disso, a abertura dos portos e demais entradas para o transporte intermunicipal ficou facultativa a cada município, sendo necessário aqueles que ainda restringem o serviço aos casos de urgência e emergência encaminharem a agencia reguladora o ofício informando seu posicionamento. Arsepam disponibiliza o Whatsapp 24h por meio do telefone (92) 98408-1799.