Manaus foi a capital brasileira que mais cumpriu a meta de vacinação contra o H1N1

A campanha foi antecipada na capital amazonense e durou menos de 15 dias. Ação envolveu quase 10 mil servidores

Manaus – Com 503.183 pessoas dos grupos prioritários imunizadas, superando o público-alvo estabelecido pelo Ministério da Saúde, Manaus foi a primeira colocada, entre as 27 capitais brasileiras, no ranking da vacinação contra a Influenza, causada pelo vírus H1N1. A campanha foi antecipada na capital amazonense e durou menos de 15 dias, de 20 de março a 5 de abril, graças à mobilização encabeçada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto e que envolveu quase 10 mil servidores.

“Assumimos junto ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o compromisso de proteger a população de Manaus do H1N1, com a prerrogativa de que a campanha fosse antecipada no Amazonas. Foi um verdadeiro ‘exército’ dos servidores da saúde e também de outras secretarias para cumprir com essa determinação. Agradeço ao empenho de todos e fico muito feliz com o resultado alcançado, principalmente porque isso significa que estamos cuidando das pessoas”, afirmou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Para atingir a meta, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) disponibilizou, no período da campanha, a vacina contra Influenza em 183 salas de vacina.

Semsa disponibilizou, no período da campanha, a vacina contra Influenza em 183 salas de vacina (Foto: Tomaz Silva/ABr)

Anúncio