Manaus inicia cadastramento de gestantes e puérperas para vacinação contra Covid

Para realizar o cadastro, é preciso acessar o Imuniza Manaus e escolher a opção “Cadastro de Cidadão”

Manaus – Depois de abrir o Imuniza Manaus para o cadastro de trabalhadores da saúde e pessoas com deficiência permanente, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), ampliou o sistema, nesta quinta-feira (6), para o cadastramento de mulheres gestantes e em fase de puerpério (até 45 dias após o parto), com idade acima de 18 anos. A vacinação contra a Covid-19 para este grupo deve começar na próxima semana, priorizando as usuárias que apresentam comorbidades, condição que eleva os riscos à saúde durante e após a gravidez.

Para realizar o cadastro, é preciso acessar o Imuniza Manaus e escolher a opção “Cadastro de Cidadão”. Depois de preencher os dados pessoais (nome, data de nascimento, CPF e telefone de contato), a mulher deve informar no item “Categoria” se é gestante ou puérpera e, na opção “Grupo”, se tem ou não comorbidade.

Para realizar o cadastro, é preciso acessar o Imuniza Manaus e escolher a opção “Cadastro de Cidadão” (Foto: Marcely Gomes / Semcom)

Desde a última atualização do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, o Ministério da Saúde considera gestantes e puérperas um grupo prioritário para a imunização. A decisão, de acordo com Nota Técnica emitida pelo órgão no último dia 26 (467/2021-CGPNI), leva em conta o risco de hospitalização e morte de gestantes e puérperas em consequência da Covid-19.

O documento diz que evidências científicas e dados epidemiológicos disponíveis no momento mostram que a gestação e o puerpério são fatores de risco quando associados à Covid-19, levando tanto à hospitalização e ao óbito, como ao parto prematuro e ao abortamento.

A população estimada de gestantes em Manaus é de 28,4 mil mulheres e de puérperas, 4,7 mil. Dessas, 15%, o que representa um público de 4,3 mil pessoas, estão incluídas na classificação “alto risco”, com prioridade na imunização, independentemente da idade.

A data de início da vacinação desse grupo será definida pela Semsa até esta sexta-feira (7). As mulheres que se enquadram nas condições de prioridade serão orientadas quanto aos locais, horários e documentos necessários para garantir o atendimento.

A vacina utilizada para a fase inicial de vacinação das gestantes e puérperas será a Pfizer/Biontech. Aproximadamente 5 mil doses do imunizante foram destinadas a Manaus e já estão armazenadas na Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), em ambiente climatizado nas condições de baixíssima temperatura determinadas pelo fabricante.

Anúncio