Manaus recebe recadastramento imobiliário para atualização do IPTU

Até agora já foram contabilizadas mais de 291 mil inscrições imobiliárias visitadas das 524 mil previstas

Manaus – Com mais de 65% das suas ações concluídas, o projeto Mapa de Manaus, prossegue com a sua terceira e última etapa. Atualmente, a ação de recadastramento imobiliário, feita em campo pelos agentes autorizados do Executivo municipal, está passando pelos bairros Japiim, na zona Sul, além da Ponta Negra e Santo Agostinho, na zona oeste.

(Foto: João Viana / Semcom)

Mais de 50 cadastradores compõem a equipe que atua nessa fase do projeto. Conforme explicou o coordenador do projeto, o diretor do Departamento de Cadastro da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), Paulo Rodrigues, essa última fase objetiva realizar a atualização cadastral dos proprietários de imóveis em todas as zonas urbanas da cidade. Até agora já foram contabilizadas mais de 291 mil inscrições imobiliárias visitadas das 524 mil previstas.

“Vamos atualizar as informações existentes no cadastro imobiliário municipal que, ao longo dos anos, ficaram defasadas. É comum acontecer de o cidadão vender, sair do imóvel e essa informação não chegar ao cadastro imobiliário da prefeitura. Por meio do Mapa de Manaus, essas informações estão sendo atualizadas de maneira simplificada, diretamente no endereço do cidadão”, explicou o diretor.

Ele também alertou que os cadastradores do Mapa de Manaus estão devidamente fardados e identificados com crachá da prefeitura. No site do programa (www.mapademanaus.org), é possível acessar a lista de todos os cadastradores autorizados pela prefeitura.

Fases

Duas fases do programa de Manaus já foram concluídas. A primeira registrou imagens em alta resolução de uma área total de 520 quilômetros quadrados da área urbana da cidade, a partir de um avião devidamente equipado com uma câmera especial. Essas informações permitirão medições e cálculos eficientes, que contribuirão para a elaboração de projetos de engenharia, urbanismo e meio ambiente da cidade.

blank

(Foto: João Viana / Semcom)

Na segunda fase, que também já foi efetivada, um veículo equipado de uma câmera especial percorreu as ruas da cidade para realizar mais um levantamento fotográfico de alta qualidade. Essa etapa contou com tecnologia de mapeamento móvel terrestre e gerou um mapa detalhado com registro de mais de 4.100 quilômetros de vias da cidade, tudo em imagens 360 graus.

A equipe técnica da Semef já concluiu a homologação dos dados coletados na primeira etapa. Agora, passam pela validação os registros da segunda e terceira etapas. Para mais informações, o cidadão poderá entrar em contato com a equipe do projeto, por meio do WhatsApp (92) 98421-7828.

Anúncio