Marinha no Amazonas passa a ter novo comandante

A solenidade de passagem de comando aconteceu na manhã desta quinta-feira (14), na Rua Bernardo Ramos, s/n, Centro, zona sul da capital

Manaus – A Marinha do Brasil realizou, na manhã desta quinta-feira (14), a passagem de comando do 9° Distrito Naval (Com9ºDN), durante solenidade, na Rua Bernardo Ramos, s/n, Centro, zona sul da capital. Depois de um ano e três meses a frente da instituição, o vice-almirante Carlos Alberto Matias deixa o cargo que passa a ser ocupado pelo contra-almirante Paulo César Colmenero Lopes. A cerimônia foi presidida pelo comandante de operações navais, almirante de esquadra Paulo Cezar de Quadros Küster.

O contra-almirante Paulo César Colmenero Lopes afirmou que pretende manter e ampliar as parcerias firmadas com o Poder Público e elegeu a ‘grandiosidade’ do Estado, como um dos desafios de seu comando. “Trata-se de uma região muito extensa, uma quantidade de mais de dois mil quilômetros de rios navegáveis que faz a Marinha exercer um papel de extrema relevância”, disse.

O vice-almirante Carlos Alberto Matias passou o comando do Com9°DN para o contra-almirante Paulo César Colmenero Lopes (Foto: Reinaldo Maquiné)

Já o vice-almirante Carlos Alberto Matias, que agora deixa o cargo, lembrou as parcerias com as diversas instituições e das ações da Marinha na área de Saúde. “A instituição está presente no Amazonas desde 1868 e ao longo desse tempo, realizamos um trabalho com amor e dedicação, contribuindo para o desenvolvimento do Estado.” disse.

Para o governador Wilson Lima, a Marinha do Brasil é uma parceira importante e vem atuando em missões e programas em diversas áreas no interior do Amazonas. “Questões de socorro às vítimas de fenômenos como a cheia e a seca dos rios e atendimentos médicos e sociais em comunidades ribeirinhas, são exemplos disso”, destacou.