Morre Dom Alcimar Caldas Magalhães, bispo emérito do Alto Solimões

Em nota, o prefeito de Manaus, David Almeida, e o vice-prefeito Marcos Rotta lamentaram profundamente a morte do bispo

Manaus – Morreu neste domingo (20), o bispo emérito da região do Alto Solimões, Dom Alcimar Caldas Magalhães, aos 81 anos, em decorrência de uma parada cardíaca.

O prefeito de Manaus, David Almeida, e o vice-prefeito Marcos Rotta lamentaram profundamente a morte do bispo, em nota enviada nesta noite à imprensa.

Dom Alcimar Caldas Magalhães faleceu após parada cardíaca, em hospital de Manaus. — Foto: Divulgação/Diocese do Alto Solimões

“Com muito pesar, recebi a notícia da morte do bispo emérito da região do Alto Solimões, Dom Alcimar Caldas Magalhães, uma grande liderança da Igreja Católica no Amazonas, um servo de Deus. Que o Senhor conforte o coração de seus familiares, amigos e toda a população do Alto Solimões neste momento de profunda dor”, declarou o prefeito.

O vice-prefeito Marcos Rotta também lamentou a perda de Dom Alcimar. “Por mais de duas décadas, Dom Alcimar dedicou-se ao trabalho pastoral e social, mostrando grande preocupação com o povo do Alto Solimões. Meus sentimentos a todos”, disse.

Quem foi Dom Alcimar

Dom Alcimar nasceu em 2 de fevereiro de 1940, na comunidade de Ourique, em Benjamin Constant, no Amazonas. Em 1967, foi ordenado sacerdote. Foi bispo do Alto Solimões até maio de 2015, quando o Papa Francisco aceitou sua renúncia canônica.

*Com informações da assessoria

Anúncio